Tamanho do texto

Mesmo que alguns torçam o nariz para adaptações, reunimos a prova definitiva que um live-action pode ser tão bom quanto o mangá original

O que acontece quando personagens de animes e mangás são transformados em atores de carne e osso para criar uma nova versão das histórias que, muitas vezes, já são queridas pelos fãs? A chance de ser um fiasco completo é grande – e isso não é incomum, como é possível ver pela maioria das tentativas – mas alguns filmes de live-action surpreendem e chegam até a superar os originais em alguns casos. Listamos dez mangás e animes que foram muito bem adaptados como live-actions e não deixam nada a desejar perto dos originais.

Leia mais:  Caos futurístico: veja lista com os dez melhores animes cyberpunk já feitos

"Death Note" (2006)

O live-action de
Reprodução
O live-action de "Death Note" foi lançado em 2006 e fez um enorme sucesso entre os fãs da série de suspense

Death Note ” é um título obrigatório na lista de qualquer um que se interesse pelo universo da cultura pop japonesa. Depois dos quadrinhos atingirem um imenso sucesso dentro e fora do Japão, a história original de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata foi transformada em um live-action com atores reais em 2006 por Shinsuke Sato. O filme foi dividido em três partes: o primeiro cobre a vida de Light Yagami , um jovem que encontra o “caderno da morte” e, depois de testar a veracidade de seus poderes, começa a agir como justiceiro e matar criminosos. Ele recebe o nome fictício de Kira e, assim, muitos começam a buscar pela sua real identidade – inclusive o detetive L. Em 2017 “Death Note” vai ganhar uma nova versão com atores, mas, dessa vez, será produzida nos Estados Unidos com atores americanos.

Leia mais:  My Anime List é o IMDB que os fãs de animes e mangás precisam conhecer

"Samurai X (Rurouni Kenshin)"  (2012)

O live-action de
Reprodução
O live-action de "Samurai X" foi um dos mais bem sucedidos dentre as adaptações de animes e mangás já feitas no Japão

Samurai X ” – ou “ Rurouni Kenshin ”, no original – fala sobre um samurai da era Meiji durante o período medieval do Japão que ficou famoso por ser um exímio assassino e manejar uma espada como ninguém. Um dia no meio de uma batalha, Battousai Hitokiri decide deixar seu lado sanguinário para trás e faz o juramento de jamais matar ninguém e, assim, adota o nome de Kenshin Himura. Tempos depois ele chega a uma cidade em que alguém está cometendo crimes infames e utilizando seu nome e, para provar sua inocência, o habilidoso samurai – que agora utiliza uma espada com a lâmina invertida – terá de duelar com o impostor. O live-action de “Samurai X” foi dirigido por Keishi Otomo e o mangá original foi escrito por Nobuhiro Watsuki.

"Fullmetal Alchemist"  (2017)

Reprodução
"Fullmetal Alchemist" chega aos cinemas no final de 2017 e é uma das maiores apostas dos live-actions

Com a promessa de não decepcionar os milhares de fãs do anime e do mangá, o live-action de
Fullmetal Alchemist ” chegará para o público apenas em dezembro deste ano. A expectativa é de que o filme – dirigido por Fumihiko Sori – siga a mesma linha da história criada por Hiromu Arakawa. Diferentemente de algumas adaptações recentes – como a de “Ghost in The Shell” e a mais recente de “Death Note”, “Fullmetal Alchemist” terá apenas atores japoneses. O filme contará a história dos irmãos Alphonse e Edward Elric que, depois de um ritual desastroso de alquimia no qual perdem partes do corpo, procuram a pedra fisolofal para reaver aquilo que lhes foi tirado.

"20th Century Boys: Beginning of the End"  (2008)

''20th Century Boys'' é baseado no premiado mangá de mesmo nome
Reprodução
''20th Century Boys'' é baseado no premiado mangá de mesmo nome

Baseado na aclamada série de mangás “ 20th Century Boys ” do autor Naoki Urasawa , “20th Century Boys: Beginning of the End” foi a primeira parte de um total de três adaptações do original. Cheios de referências à cultura das décadas de 1960 e 1970, a história de ficção científica fala sobre a batalha de um grupo de amigos de infância contra o líder de um culto secreto – chamado, ironicamente, de “Amigo” – que tem como objetivo exterminar a raça humana. Os acontecimentos se passam na virada para o ano 2000 e se estendem até 2017 e seguem os escritos do “Livro da Profecia” do universo do filme.

"Lady Snowblood (Shurayuki-hime)" (1973)

Das antigas: ''Lady Snowblood'' é um drama sangrento de uma mulher que tem sede de vingança
Reprodução
Das antigas: ''Lady Snowblood'' é um drama sangrento de uma mulher que tem sede de vingança

Lady Snowblood ” – “ Shurayuki-hime ” em japonês – é a prova definitiva que mangá não é coisa de criança: o live-action foi uma adaptação dos quadrinhos homônimos que contam a história uma jovem que anseia a vingança dos bandidos que, no passado, estupraram sua mãe e mataram seu pai. A protagonista utiliza seu corpo como isca para atrair e atacar os malfeitores que pagarão caro pelo que fizeram. A história foi criada Kazue Koike e Kazuo Kamimura e transportada para o universo real pelo diretor Toshiya Fujita. O filme – voltado exclusivamente para o público adulto por ser violento e provocante – tem uma continuação, porém essa não obteve o mesmo sucesso da primeira.

"Oldboy" (2003)

Mesmo os fãs do mangá original de ''Oldboy'' afirmam que o live-action superou o mangá
Reprodução
Mesmo os fãs do mangá original de ''Oldboy'' afirmam que o live-action superou o mangá

Apesar de o filme ser coreano, “ Oldboy ” é baseado em uma mangá japonês de mesmo nome. A produção foi dirigida por  Park Chan-Wook – e muitos alegam que a adaptação é ainda melhor do que os quadrinhos originais. A história fala do protagonista Oh Dae-Su – um homem que fica 15 anos atrás das grades da cadeia por ter, supostamente, assassinado sua esposa. Livre, ele revive seu passado e procura vingança pelos anos que ficou confinado. A produção foi aclamada internacionalmente e faz parte da “ Trilogia da Vingança ” do diretor.

"Túmulo dos Vagalumes" (2005)

''Túmulo dos Vagalumes'' mostra todo o horror e a devastação causados no Japão durante a Segunda Guerra Mundial
Reprodução
''Túmulo dos Vagalumes'' mostra todo o horror e a devastação causados no Japão durante a Segunda Guerra Mundial

Em 2005 foi gravada a versão live-action do clássico de drama de 1988 do Studio Ghibli “ Túmulo dos Vagalumes ” – ou “ Hotaru no Haka ” no título original. A história sobre dois irmãos que, ainda pequenos, perdem tudo por causa da Segunda Guerra Mundial . O filme procurou inovar em relação ao anime e, ao invés de explorar a perspectiva dos garotos, mostra a visão da tia. A produção foi realizada em comemoração aos 60 anos do fim da guerra no Japão e começa em 2005, quando a personagem principal falece aos 95 anos de idade e, então, a história mergulha no passado trágico do país e reconta os horrores que a família vivenciou durante com os bombardeios e a escassez provocada pela guerra.

"Bunny Drop" (2011)

''Bunny Drop'' é um drama que mostra o surgimento de uma família pouco provavel
Reprodução
''Bunny Drop'' é um drama que mostra o surgimento de uma família pouco provavel

Ninguém faz dramas familiares como os japoneses: “ Bunny Drop ” é um live-action baseado no mangá de Yumi Unita que fala sobre a formação de laços afetivos. Daikichi é um homem já adulto que, quando seu avô morre, descobre que este tinha uma filha ilegítima de 6 anos, Rin. Ao perceber que a criança é rejeitada por todos da família, Daikichi decide criar a menina e, com o tempo, os laços entre eles se tornam mais fortes. O homem aprender a lidar com os desafios de ser pai e, mesmo contra a vontade das pessoas que não apoiam sua escolha, Daikichi adota Rin e se torna seu pai legítimo.

Leia mais:  Hobby ou coisa séria, cosplays roubam a cena na CCXP: "Cansa, mas é incrível"

"Ouran High School Host Club (Ouran Koukou Host Club)"  (2012)

Um grupo de jovens lindos e uma garota: a fórmula clássica da comédia de ''Ouran High School Host Club''
Reprodução
Um grupo de jovens lindos e uma garota: a fórmula clássica da comédia de ''Ouran High School Host Club''


Uma das comédias românticas mais famosas do mundo dos animes e mangás. Criada por Bisco Hatori , “ Ouran High School Host Club ” fala sobre uma menina pobre que frequenta um colégio para jovens muito ricos. Por acidente, ela será confundida com um menino por sua aparência desleixada e se envolve com o Clube de Anfitriões – um grupo composto pelos jovens mais atraentes do colégio que tem como trabalho apenas... Serem bonitos e charmosos. Ao longo da história, Haruhi terá sua identidade descoberta e alguns dos membros do clube irão se apaixonar por ela. Mesmo diferente do original, o live-action de “Ouran” garante risadas e um clima leve e engraçado – assim como no anime.