Prova do Líder não terminou em tempo
Reprodução/TV Globo
Prova do Líder não terminou em tempo

Ou a equipe da Globo foi muito enganada pelos participantes do BBB 22 , que venderam algo à produção que não estão sendo capazes de entregar, ou o reality show está servindo para mostrar um tipo de sadismo de Boninho e seu time. Não bastasse a falta de ação no jogo, agora os fãs do programa enfrentam uma jornada (Alô, Lumena!) de prova que parece eterna.

A vida de quem assiste fica difícil. A demora para concluir a prova do líder na última quinta-feira (3) deixou claro o que já parece ser um fato para boa parte do público: nada com esse time emplaca. A atividade patrocinada tinha tudo para ser simples e garantir alguma emoção. Mas parece que a produção simplesmente se esqueceu de cogitar a possibilidade de empate na dinâmica. Aumentar a dificuldade, talvez, ou criar alguma ação para o caso de manutenção de empate.

O resultado foi o programa estourar o horário e Tadeu Schmidt se esforçando para não transparecer o constrangimento com a situação. A prova perdeu o timing e, o que prometia ser o mais legal da noite — a turma da Abravalândia sendo expulsa do Vip —, ficou prejudicado pela falta de tempo e o atropelo para encerrar a atração.

Renata Lo Prete: Força, guerreira!
Reprodução/Twitter
Renata Lo Prete: Força, guerreira!

Nas redes sociais, mais uma vez, as pessoas estavam mais preocupados com a saúde de Renata Lo Prete, que passa a madrugada esperando para entrar no ar no Jornal da Globo , do que com o resultado da dinâmica. 

A boa notícia é a liderança de Jade, que pode ser uma mudança nos rumos do programa. Agora é torcer para a esperança se concretizar. Não seria a primeira vez na edição que algo ficaria na promessa. 

Seguimos...

** Thiago Calil é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. É editor-chefe do iG desde 2021, posição que assumiu após mais de dez anos produzindo conteúdo para web. Respeita muito o iGuinho, mascote do Portal, mas é apaixonado mesmo por gatos. Sambista de coração e teimoso por vocação, tem certeza que seria campeão do “Qual é a Música?”. Analisa BBB com a mesma seriedade que observa o cenário político e econômico do País. Afinal, jornalismo é jornalismo em qualquer editoria.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários