Amor de perdição
Divulgação
livro amor de perdição


“Amor de Perdição” é, sem dúvida, um dos clássicos mais importantes da literatura. Escrito em 1862 pelo escritor português Camilo Castelo Branco, a obra conta a história de dois jovens que vivem um amor impossível. 

Embora tenha sido inspirada em Romeu e Julieta, de Shakespeare, o romance também traz a história pessoal e familiar do autor, que inclusive, escreveu a trama em 15 dias enquanto estava preso. Camilo Castelo Branco foi detido na cidade do Porto acusado de adultério pelo marido da sua amante, Ana Plácido, com quem viria se casar mais tarde. 

Os clássicos têm uma importância indiscutível para o entendimento de uma época, tanto política quanto culturalmente. Os movimentos literários também nos ajudam a entender o andar histórico e a linguagem de cada geração. E é justamente “a tal” da linguagem que muitas vezes afastam os jovens da literatura clássica. Ter obras clássicas, escritas há mais de um século, adaptadas para o português moderno, ajudará a aproximar a literatura clássica desse público que desconhece seu valor histórico.

Você viu?

“Esse é um livro que, hoje, seria um young adult, mas que jovem conseguiria atravessar as barreiras do vocabulário de mais de um século e continuar envolvido com a história? Não fizemos nada novo no campo da literatura: sempre que se traduz Shakespeare ou Allan Poe usa-se vocabulário corrente. No entanto havia um preciosismo de não mexer num livro escrito em português. Essa imposição criou uma barreira para a leitura e condena muitas obras ao esquecimento, porque deixam de ser lidas.” – diz Pedro Almeida, editor e responsável pela adaptação da obra. 

Desejo que mais clássicos possam ter sua linguagem adaptada ao português moderno e que mais e mais jovens possam se apaixonar pela literatura e pelo clássico independente de quando foram escritos. 


Para sugestões e pautas: [email protected]

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários