Gravação inédita de Bob Dylan é vendida por US$ 1,7 milhão
Marcelo de Assis
Gravação inédita de Bob Dylan é vendida por US$ 1,7 milhão

Uma gravação inédita do clássico Blowin’ in the Wind de Bob Dylan foi vendida por mais de US$ 1,7 milhão (cerca de R$ 8,9 milhões no câmbio atual) durante uma venda excepcional na Christie’s em Londres.

A venda da música de Dylan ocorreu nesta quinta-feira (7) pelo valor de US$ 1.769.508 em um leilão. O disco apresenta uma sessão especial com o produtor T. Bone Burnett, que ajudou a desenvolver a técnica de prensagem Iconic Original.

“Com a nova versão de ‘Blowin’ in the Wind’ de Bob Dylan, nosso primeiro disco analógico de arquivo Ionic Original, entramos e visamos ajudar a desenvolver um espaço musical no mercado de artes. Eu confio e espero que isso signifique tanto para quem o adquiriu hoje na Christie’s Exceptional Sale quanto para todos nós que o fizemos, e que eles o considerem e cuidem dele como uma pintura ou qualquer outra obra de arte singular” , celebrou T. Bone Burnett, fundador da NeoFidelity Inc.

Peter Klarnet , especialista sênior da Americana, Books and Manuscripts da Christie’s disse: “Estamos muito satisfeitos com o excelente resultado desta noite para o disco ‘Ionic Original’ da primeira gravação de estúdio de Bob Dylan de ‘Blowin’ in the Wind’ desde 1962. Trabalhar com um avanço tão incrivelmente importante e inovador na tecnologia de reprodução analógica é uma grande honra. Estamos empolgados que este seja apenas o começo para esta nova e incrível oportunidade para artistas de gravação trabalharem com T Bone e NeoFidelity para redefinir o valor da música.” .

O leilão acontece no ano em que se comemora os 60 anos de carreira de Bob Dylan.

Blowin’ in the Wind foi lançado como single em 13 de agosto de 1963 como parte do álbum The Freewheelin’ Bob Dylan , que chegou ao mercado musical pela CBS (hoje, Sony Music ).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários