Ludmilla é repreendida por vereador por supostamente apoiar Lula
The Music Journal Brazil
Ludmilla é repreendida por vereador por supostamente apoiar Lula

No último domingo, a cantora Ludmilla se apresentou no palco da Virada Cultural de São Paulo com um show cheio de sucessos. Em determinado momento da apresentação, a cantora fez um sinal de L com a mão supostamente insinuando apoio à candidatura de Lula. O vereador Fernando Holiday não gostou nada da ação e foi as redes sociais para exigir o bloqueio do cachê da cantora.

O cachê da cantora é o terceiro maior desta edição do evento. Com um valor de R$ 220 mil , a cantora fica atrás apenas de Gloria Groove e Barões da Pisadinha . Por isso, ao saber do sinal, o vereador decidiu criticar a cantora.

“O município promoveu evento com a cantora para promover um evento cultural, no entanto, o evento ficou marcado pela grande manifestação política em favorecimento de um pré-candidato”, pontuou. “O evento claramente ‘beneficiou pessoas determinadas’, uma vez que, a artista puxou a plateia para enaltecer o símbolo de um pré-candidato à presidência”, completou.

Ludmilla , após saber da acusação, foi as redes sociais se defender e com muito deboche, se pronunciou sobre o assunto. “Fernando Holiday, deixa eu contar um segredo: meu nome também começa com a letra L!” , relembrou.

Confira:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários