Mais um catálogo a ser vendido: o do Pink Floyd
Marcelo de Assis
Mais um catálogo a ser vendido: o do Pink Floyd

Um assunto recorrente nos últimos meses tem ganhado os holofotes na imprensa internacional: a venda de catálogos musicais

E a bola da vez, de acordo com a Bloomberg , está com o Pink Floyd.

A famosa publicação financeira reporta que representantes legais do espólio editorial e fonográfico de uma das maiores bandas da história do rock já entraram em contato com potenciais compradores.

Contudo, três pessoas que conversaram com a Bloomberg, deram detalhes em anonimato. Nem mesmo
os representantes do Pink Floyd responderam aos questionamentos da publicação sobre a negociação.

Se celebrado o acordo de venda de seu catálogo, o Pink Floyd seguirá os mesmos passos de outros nomes icônicos da indústria musical como Bob Dylan, Mick Fleetwood, Neil Young, Stevie Nicks e Bruce Springsteen.

A lendária banda britânica, formada em 1965, já vendeu mais de 75 milhões de discos apenas nos EUA. Para se ter uma ideia, isso é duas vezes mais do que Bob Dylan vendeu por lá.

Um dos álbuns mais icônicos do Pink Floyd é o Dark Side Of The Moon de 1973, que contou com Alan Parsons como engenheiro de som do disco.

O último disco de estúdio da banda é High Hopes de 1994.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários