Produtor e baixista reclamam de “rachadinha” dos seus direitos em disco do Roberto Carlos
The Music Journal Brazil
Produtor e baixista reclamam de “rachadinha” dos seus direitos em disco do Roberto Carlos

O produtor e baixista Paulo César Barros , participou de um episódio do podcast Fala Cê . Paulo é um dos maiores produtores brasileiros tendo contribuições com Roberto Simonal, Michael Sullivan e Roberto Carlos.

Durante a conversa o musicista levantou uma questão muito polêmica acerca da divisão de direitos conexos de dois discos do Rei . Segundo ele, somente ele teria direito de receber pela participação, Barros ficou sem receber os valores devidos. “Cometeram um crime absurdo no disco de Roberto de 80 e 81 … nós fomos gravar lá nos EUA” , começa a detalhar.

Ainda sobre a situação ele explica que nos EUA não existe distribuição de direitos do músico que gravou a música, somente no Brasil. Ele foi o único brasileiro a gravar, sendo assim o percentual de destinado para essa arrecadação caia somente pra ele. Acontece que, mais tarde, ele observou que alguém havia inserido mais 33 músicos brasileiros na lista para dividir o montante com ele.

Músicos que nunca haviam participado do projeto, ou seja, fizeram uma espécie de “rachadinha” na arrecadação dos direitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários