Mariah Carey mostra empatia por Britney Spears
The Music Journal Brazil
Mariah Carey mostra empatia por Britney Spears

Durante uma entrevista ao The New Musical Express , a cantora Mariah Carey foi questionada se tinha alguma “afinidade” com Britney Spears , pois no passado ela lutou contra a indústria musical controladora e contra a própria família.

Lembrando que a Britney estava sobre tutela legal de 2008 até novembro deste ano, ou seja, o pai dela tinha o encargo jurídico de velar por representar na vida civil e administrar os bens da cantora.

Em resposta, ela contou que entrou em contato com a princesa do pop , pois acreditava ser “a coisa certa a fazer”: “Não tenho certeza se é afinidade”, ela respondeu, “Eu acredito que todos nesse planeta merecem ser livres e o que eles fizeram com ela, o que eu vi, foi horrível. Então eu entrei em contato com ela através de uma amiga mútua por quê eu queria que ela soubesse: ‘Advininhe o quê? Você não está sozinha'”.

Carey ainda contou que o ícone Prince a ajudou em um passado momento mais difícil de sua vida: “Lembro que quando eu estava passando por um monte de coisas alguns anos atrás, Prince me estendeu a mão e me entregou uma bíblia, depois conversou comigo por horas”, lembrou a cantora. “Ele era uma pessoa incrível e se preocupava tanto com o negócio da música e com a indústria – o que é. Você tem que ser uma pessoa que ajuda. Não importa se eles são os meus melhores amigos ou quem seja, eu apenas senti que era a coisa certa a se fazer”.

Leia Também

Em seu livro lançado em 2020, The Meaning of Mariah Carey, a diva pop alegou que a sua irmã mais velha a drogou com Valium , ofereceu-lhe cocaína e tentou vende-la quando ela tinha 12 anos , todas as alegações foram negadas por Alison. Além disso, ela também se abriu sobre o casamento com o primeiro marido, Tommy Mottola , ex-CEO da Sony Music , alegando ser uma relação tóxica onde o marido seria controlador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários