Max Porto, Daniel Echaniz e Daniel Fontes (todos de pé), além de Douglas Ferreira e Tamires Peloso (à frente, agachados)
Divulgação
Max Porto, Daniel Echaniz e Daniel Fontes (todos de pé), além de Douglas Ferreira e Tamires Peloso (à frente, agachados)


Daniel Fontes, do "Big Brother Brasil 18",  conseguiu juntar Douglas Ferreira e Tamires Peloso, de 2015, o seu "xará" Daniel Echaniz, que integrou o elenco de 2012, e Max Porto, que abocanhou o prêmio de R$ 1 milhão em 2009, no bar Jequitibá Espetaria, no Tatuapé, em São Paulo, na noite desta segunda-feira (17), para assitirem ao  episódio número um da nova temporada do reality da Globo, sob o comando de Tadeu Schmidt.

Entre um aperitivo e outro, não faltaram bons motivos para recordar e comemorar, como o dia em que pisaram na casa pela primeira vez, o período em confinamento, as provas, as punições e até mesmo os temidos paredões. Contudo, um dos pontos altos do encontro (e que repercutiu bastante na mesa), já que não existia essa fórmula na época em que eles participaram, foi a divisão da lista em anônimos do Pipoca e famosos do Camarote.


Leia Também

Procurado pelo iG Gente, Fontes não escondeu a ansiedade para o programa começar e também para encontrar alguns brothers. Porém, ao ser questionado se já dava para arriscar um palpite sobre quem leva o R$ 1,5 milhão para casa, não titubeou. "Sei que está muito prematuro para eleger alguém para torcer, mas gostei da vibe do Vinicius. Ele traz a magia e a alegria do povo nordestino no olhar e no sorriso, mas vamos ver como vai se sair. Desejo sorte a todos", concluiu.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários