Lucélia Santos vira meme em polêmica envolvendo Bolsonaro
Reprodução/Instagram
Lucélia Santos vira meme em polêmica envolvendo Bolsonaro

Quem acompanha as notícias do atual governo se deparou com a reportagem do portal Metrópoles, no último domingo (24), sobre a compra de produtos alimentícios efetuada em 2020 por todos os órgãos do Executivo. Porém, nas informações apresentadas, um ponto chamou atenção: mais de R$ 15 milhões foram gastos com leite condensado. Estando as despesas dentro do orçamento ou não,  o fato gerou bastante burburinho na web, inclusive entre os famosos.

Uma das celebs que fizeram questão de expor sua crítica a essa situação foi Lucélia Santos. A atriz publicou uma imagem em que Jair Bolsonaro (sem partido) aparece vestido como Sinhá Leite Moça, meme inspirado na novela exibida pela Globo, em 1986, em que tinha a veterana no papel-título. Para completar, escreveu na legenda: "Nessa versão, ela faz sua fortuna vendendo cada lata por R$ 165,00. Cada um com seu poder, né?".

Impressionada com a quantidade de verba pública usada para adquirir o doce, a artista ainda compartilhou um tuíte com questionamentos de Jean Wyllys, ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro: "Qual empresa forneceu o leite condensado? A quem pertence? Ela financiou a campanha de quem? Financia desinformação? São as perguntas que devem ser feitas por todas as pessoas e pela imprensa livre!".

Além disso, retuitou o post do cantor Marcelo D2, que apontou: "Parece larica, mas é lavagem de dinheiro mesmo. Como de costume!". Quanto à publicação dele, vários internautas aproveitaram para deixar comentários. "Antes fosse larica", disse um. Já outro expôs: "Só eu estou curioso para onde vai esse tanto de leite condensado?". Por fim, houve até quem escrevesse em tom de lamentação: "Que fase! Como chegamos a esse ponto...".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários