Dani Suzuki e Giovanna Antonelli
Reprodução/Instagram
Dani Suzuki e Giovanna Antonelli


Giovanna Antonelli está atenta às marcações de imagens com o seu nome no Instagram desde que veio à tona a versão de Danni Suzuki sobre o episódio em que disse ter perdido o papel principal em "Sol Nascente", da Globo, em 2016, para ela. O desabafo aconteceu durante uma live com Bruna Aiiso, que interpretou Toshi, em "Bom Sucesso". Após deixar recado em um post publicado por Antônia Fontenelle, ela também passou pelo perfil Tarô das Celebridades para esclarecer que "jamais troquei de papel com esta atriz na minha carreira". A declaração, é claro, não foi vista com bons olhos por boa parte dos seguidores da página. "Que ridículo desmerecer uma colega a chamando de 'esta atriz'", comentou um. "Ela não falou em troca. Disse apenas que foi dispensada porque queriam uma mais nova e que você ficou mesmo sendo mais velha", reforçou outro, pouco antes de um terceiro ressaltar: "Pedante. Ficou com o papel dela por causa da influência do marido".

Dani Suzuki e Giovanna Antonelli vivem uma polêmica por causa da escolha da protagonista de
Reprodução/Instagram
Dani Suzuki e Giovanna Antonelli vivem uma polêmica por causa da escolha da protagonista de "Sol Nascente"

Morando nos Estados Unidos, Danni está dando os primeiros passos por trás das câmeras, na área de direção. Essa "guinada" se deu após os fatos relatados na transmissão, que, aliás, aconteceu em 16 de junho e só viralizou neste domingo, dia 30. Segundo detalhou, a saída da produção exibida na faixa das 18h aconteceu sem uma justificativa, a não ser que eles quisessem uma menina mais jovem. "Falei, 'tudo bem, sem problemas'. Depois de mais uma leitura, o diretor Leonardo Nogueira [casado com Antonelli] me chamou de novo e frisou que eu estava muito velha para ser a prima da Giovanna e se desculpou dizendo sobre um erro de escalação. Na sequência, me contou que estavam escrevendo um terceiro personagem, foi quando disse: 'quer saber? Deixa pra lá, não quero fazer a novela, não tem espaço para mim na trama'", relembrou Suzuki, destacando que o autor Walther Negrão havia escrito a história da Alice Tanaka inspirada nela e para ela. Ah, e detalhe: sem acusações ou apontamentos. Só esclarecimentos.

Giovanna Antonelli
Reprodução Instagram
Giovanna Antonelli



Influenciadora do bem

Ana Lia Carneiro Bettiol
Divulgação
Ana Lia Carneiro Bettiol


Dona de números incríveis — mais de 700 mil seguidores só no Instagram —, Ana Lia Carneiro Bettiol é considerada uma das influencers mais relevantes de Santa Catarina, seu estado natal. Mas sua trajetória não começou agora, não. Pelo contrário! O "boom" veio por meio do blog Poderosa de Rosa, ainda na infância. Desde então, ela mantém a filosofia de sempre estar antenada ao que está acontecendo no mundo. Em rápido bate-papo com a Coluna Marcelo Bandeira, do iG Gente, destacou: "As pessoas que me seguem sentem-se identificadas com as experiências que compartilho. Gostam das minhas dicas e recomendações, ou seja, preciso estar muito bem consciente do que estou repassando, para não me arrepender de algo que possa ser negativo para alguém. Ter responsabilidade do que posto faz parte do meu trabalho. Penso que meu papel vai além das telas de celulares, atuo como uma figura importante no lado social das pessoas, então preciso ser cuidadosa com tudo".

Ciente de que a rede social dá voz para muita gente e oportunidade de lutar por causas importantíssimas e urgentes, Ana Lia foi além. "A pandemia do coronavírus está impactando a vida de milhares de pessoas, não posso me blindar desses fatos. Confesso que não me sinto confortável de ficar divulgando vários produtos para que as pessoas sigam consumindo, como se nada estivesse ocorrendo. Não podemos ser indiferentes a isso. Tenho noção da minha relevância e não posso ser leviana com os meus seguidores. Como influenciadores, temos de ser responsáveis com os nossos posicionamentos. Sempre tento compartilhar algo que seja útil para toda a sociedade, como foi recentemente com os movimentos 'Vidas Negras Importam' e 'LGBTQIA+'", declarou a criadora de conteúdo, com exclusividade.


Autoestima no isolamento social

Priscila Pimenta
Divulgação/João Passos
Priscila Pimenta


Priscila Pimenta também se rendeu ao clique a distância, feito com o auxílio de aplicativos de videoconferência e que virou tendência e alternativa durante a pandemia do novo coronavírus. Direto de sua casa, na Bahia, a atriz e escritora posou para as lentes de João Passos, habituée de nossa coluna. Nas imagens, o fotógrafo buscou mostrar um pouco de como estava sendo a experiência da autora do livro "Ela Voltou a Sonhar", da All Print Editora, neste momento complicado, e minimizar os efeitos da quarentena. "Meu coração quase não aguentou de tanta emoção ao ver o resultado do ensaio", pontuou Priscila, via Instagram. Por falar nisso, a obra, que teve lançamento concorrido em São Paulo e Salvador, em dezembro do ano passado, deve ganhar uma sessão especial de dedicatória em Vitória, no Espírito Santo, e no Rio de Janeiro, em breve. "Os projetos e datas foram adiados, mas o sonho, não. Assim que puder, Rio de Janeiro e Vitória, estarei aí com vocês em uma noite de autógrafos", anunciou a bela.    


Cara e coragem

Pelo visto, uma cantora, conhecida nacionalmente, está precisando dar um "F5" na vida e na casa em que mora, em São Paulo. Só isso explica a mensagem que anda enviando para "amigos" a fim de conseguir beliche, sofá, cama, mesa e outros itens. A lista também conta com carro. Embora não tenha especificado o modelo e a cor do possante, é isso mesmo que você leu, caro leitor: um automóvel! "Tô querendo todas essas coisas que os artistas ganham", diz ela em um dos trechos do áudio.


Conta Bandeira 

Mais destaques
Reprodução
Mais destaques


• Impossível falar em artesanato e não se lembrar de Dotan Mayo, que é uma autoridade nesse assunto. Criador do "Ateliê na TV", o apresentador e empresário voltou à grade da TV Gazeta nesta segunda-feira, dia 31, fechando o mês de agosto em grande estilo. E como fez questão de frisar em seu perfil no Instagram: "Um bom filho a casa torna. Teremos um encontro marcado de segunda a sexta, das 9h45 às 10h30, ao vivo. 45 minutos de muito artesanato na sua tela". Agora, caberá a ele dar o pontapé inicial na programação matinal da emissora paulistana. Há mais de 15 anos no ar, o "Ateliê na TV" é tido como um programa bem-humorado, irreverente e diversificado, que informa onde acontecem os principais eventos, encontros e oficinas no Brasil, fomentando o mercado em toda a sua extensão: fabricantes, lojistas e consumidores.

• A Tribo da Periferia segue movimentando as plataformas digitais e presenteando seus fãs. Um exemplo disso é que, na última quinta-feira, dia 27, o duo de rap brasiliense divulgou no canal oficial do YouTube o clipe de "Preço do Ouro" e, no dia seguinte, a faixa no streaming. "Neste momento de quarentena, procuramos um modo de suprir nossa ausência com nossos ouvintes, então, aproveitamos para nos dedicar aos novos projetos", destacou Duckjay, que divide a cena e os palcos com o músico Look. Por falar em Tribo, produção de áudio, vídeo e afins, a gravação, que seguiu todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde e teve uma redução de 60% da equipe técnica e de elenco, é descrita como "uma vibe de gângster bem imponente de se ver" e é fruto de uma parceria com a Fábrica de Hit's. Mas não é só. "Preço do Ouro" é o primeiro de oito singles e cinco videoclipes que serão lançados até o fim do ano.


• Psicóloga e apresentadora do "Mulheres em Flow", da Rádio Exclusiva FM, de São Paulo, Rosangela Sampaio está vivendo um momento ímpar na carreira. Além das novidades já anunciadas e dos bons índices de audiência que o programa vem atingindo a cada semana, ela está prestes a lançar mais uma obra literária com a sua coordenação editorial. Trata-se do livro "Mulheres Invisíveis". Engana-se, porém, quem pensa que as boas novas param por aí! A badalada profissional ainda assina um capítulo sobre rivalidade feminina no projeto "Sem Medo do Batom Vermelho" e é a coautora de "O Poder Terapêutico do Autoamor", presente em "Autoamor – Um Caminho para Regulação Emocional e Autoestima Feminina".

• Em tempos de empoderamento feminino em alta, a psicóloga e escritora Ellen Moraes Senra é prova de que as mulheres estão ganhando cada vez mais seu espaço. Além de suas obras autorais e coordenações editoriais de livros com temas voltados para esse contexto, ela também foi convidada para ser curadora do projeto "Minha Pequena Feminista". Segundo Ellen, esse clube de leitura, em que ela lê três livros mensalmente e faz a resenha para que os pais saibam do que se trata cada um deles, pode contribuir consideravelmente para que as meninas se desenvolvam com a autoestima bem mais elevada do que as que não tiveram acesso a esse material. Temas como racismo, empatia e igualdade de gênero são alguns dos muitos propostos. "Minha gratidão por fazer parte de algo que fará a diferença no futuro de muitas crianças", comemorou Ellen. 

• Fundada em 2017, a escola de idiomas Best View teve um "boom" durante a quarentena. Só para se ter ideia, houve um crescimento de mais de 60% na procura e 35% no fechamento de aulas. "Fazemos investimentos constantes em dois pilares: pedagógico e vendas", argumentou Rodrigo Bucollo, CEO da empresa. Ele, aliás, que tem mais de 20 anos de experiência nas maiores instituições de educação do mundo, acredita que a procura por cursos a distância continuará após o fim da crise sanitária: "A migração para o on-line já está acontecendo há mais de 10 anos. A pandemia apenas antecipou este movimento", completou o empresário, que afirmou ainda não ser difícil aprender uma língua estrangeira remotamente. Em um ano de curso, já é possível se comunicar em inglês. Do you speak english?

• Ex-participante da vigésima edição do reality show "Big Brother Brasil", da Globo, Flayslane Raiane, a Flay, revelou que passou por um novo procedimento estético, conhecido como lipo HD, que deixa o abdômen com aparência de tanquinho e já foi realizado por outras famosas, como Ludmilla e Gretchen. A fim de saber mais sobre essa "revolução" na lipoaspiração tradicional, que visa definir o contorno corporal, deixando um aspecto atlético, a Coluna Marcelo Bandeira, do iG Gente, conversou com o cirurgião plástico Edgar Lopez, um dos principais nomes da técnica no país. Ele, que é membro especialista da SBCP e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explicou que a lipoaspiração HD masculina define as regiões onde existem depósitos de gordura, esculpindo relevos, saliências e depressões dos músculos que estão mascarados.

Mais do que isso, o doutor Edgar Lopez ajudou a desmistificar alguns medos comuns e pertinentes, como anestesia e recuperação. "Todos os interessados passam por consulta e realizam exames prévios. Depois, é feita uma avaliação completa, para que tudo ocorra com a maior transparência e segurança. Como a anestesia é geral, o paciente dorme, não vê ou sente absolutamente nada. Já o retorno às atividades físicas acontece dentro de duas semanas", adiantou ele. Questionado sobre quais regiões podem ser modeladas em homens, respondeu: "abdômen, cintura (o popular 'pneuzinho'), dorso, peitorais e braços". Porém, antes de finalizar o bate-papo, outra dúvida: quem pode se submeter a uma lipo de alta definição? "Homens próximos ao peso ideal, saudáveis clinicamente e que não tenham gordura intra-abdominal excessiva", manifestou-se.

    Veja Também

      Mostrar mais