Anitta declara apoio em Lula, mas afirma que não é PTista
Reprodução
Anitta declara apoio em Lula, mas afirma que não é PTista

Desde que Anitta declarou seu voto em Lula nas eleições para presidente da República em outubro deste ano, as redes sociais foram tomadas por conta do posicionamento político da cantora. Cada dia um novo episódio acontece no Twitter, mas alguns internautas estão confusos com as recentes declarações. Mas há uma possibilidade de tudo não passar de mais uma estratégia de marketing.

Anitta se declarou "antipetista". E o perfil Nós e Conexões, que aborda sobre assuntos e pesquisas políticas, explica que assim como a cantora, é possível você odiar o PT (Partido dos Trabalhadores) e mesmo assim votar em Lula. Mas antes, vamos contextualizar: no final de junho, a popstar respondeu um fã afirmando que ainda não sabia em quem votar nas eleições e que desejava que o Brasil encontrasse um meio termo. 

"Eu ainda não decidi quanto ao meu voto. Eu quero esperar o dia limite da candidatura para estudar os candidatos e tomar minha decisão. Minha real vontade é que o Brasil encontre um meio termo onde o resultado não vá partir o país no meio e fazer as pessoas não se tolerarem mais", escreveu. 

Mesmo dizendo que não sabia em quem votar, Anitta afirmou que jamais votaria em Bolsonaro (ou Voldemort, como ela o chama, fazendo uma comparação com o personagem de Harry Potter que, na história, também é conhecido como aquele que não deve ser nomeado). "Então, essa possibilidade pra mim não existe", completou. 


Porém, semana passada, após um apoiador do PT ser assassinado em uma festa de aniversário por um homem pró-Bolsonaro, Anitta voltou a falar do assunto e com um posicionamento mais claro.

"Eu havia falado aqui nas redes que não apoiaria Lula nas eleições por querer algo novo (...) Mas a apostará EXTREMAMENTE agressiva e antidemocrática dessa gente não me deixa outra opção. É LULALÁ ... seus burros, agressores, autoritários e violentos", publicou. 


"A partir deste momento eu sou Lulalá primeiro turno. E lutarei por uma novidade na política presidencial brasileira nas próximas eleições”, completou em outro tweet. Com o posicionamento da cantora, o Twitter foi à loucura, inclusive famosos que também já tinham declarado apoio ao ex-presidente. 

"Não sou petista e nunca fui. Mas este ano estou com Lula e quem quiser minha ajuda pra fazer ele bombar aqui na Internet, TikTok, Twitter, Instagram é só me pedir que estando ao meu alcance e não sendo contra lei eleitoral eu farei", continuou. "Já posso sonhar com um dueto no Tik Tok?", respondeu Janja, atual esposa de Lula. 


Com o assunto super em alta, Anitta publicou algumas imagens fazendo a letra L com as mãos, com roupa vermelha e uma estrela no bumbum e com o nome do candidato à presidência perto do rosto. 


Porém, outros candidatos do partido começaram a usar a imagem da cantora para fazer propaganda eleitoral. Anitta pediu para não continuarem, pois não é petista: "Atenção candidatos do PT, atenção partido PT. Eu NÃO SOU uma apoiadora do PT e NÃO SOU petista. Não autorizo o uso da minha imagem para promover este partido e seus candidatos".

"Minha escolha nessas eleições foi de trazer engajamento e mídia para a pessoa que tem maior chances de vencer voldemort nessas eleições. Depois de muitas pesquisas a conclusão é de que essa pessoa é o Lula. E o que vou fazer daqui em diante é usar minhas plataformas no que eu puder ajudar", escreveu. 

Lula respondeu a cantora afirmando que há milhões de pessoas que não gostam do partido, assim como ela, mas que entendem que é a única maneira de derrotar Bolsonaro. 

"Anitta, de fato você só declarou seu apoio por mim e sei que não é petista. O PT tem milhões de militantes, simpatizantes e também tem gente que não gosta do partido mas mesmo assim está conosco nesta caminhada, porque precisamos que o Brasil volte a ter democracia e paz”, publicou. 



Mas, afinal, é possível votar em Lula e não se comprometer com o partido? O perfil Nós e Conexões, projeto de pesquisas políticas, sociais e econômicas nas redes sociais para fins jornalísticos e artísticos de interesse público, realizou uma thread no Twitter para explicar que sim, é possível votar em Lula sem ser petista. 

"O primeiro conjunto de dados que sempre gosto de olhar é o discurso. O que reverberou afinal. E nisso a ideia que foi passada é que ANITTA É LULA! E por consequência, é PT! Querendo ela ou não, a associação está feita. É só dar uma olhada nas imagens desse tweet", começou explicando. 

Nas imagens, é possível observar os termos mais usados e quantas vezes foram usados desde que Anitta declarou seu voto. Em primeiro lugar, temos "Anitta é", seguido por "Lula é", provando a associação mencionada no tweet. 

Em seguida, o perfil menciona o fato da cantora dizer que não é petista e explica o posicionamento: "'Ahhh, mas ela falou que não é PT!' Alguém que postou uma foto com a estrela do PT e com o nome de Lula perto do seu rosto, realmente pode não ser PTista, mas o importante é que ela ESTÁ PTista. E isso foi impulsionado e MUITO não só no Twitter como em outros ambientes digitais".

"Ela gera um buzz 'contraditório' a princípio e inverte a lógica dos sinais. Fazendo com que grande parte do bolsonarismo, incluindo o próprio presidente, divulguem ela. Com isso muitas pessoas fora da bolha PTista vão atrás das redes sociais dela para entender o que está acontecendo. E sabe com o que vão se deparar? Com isso…", continua explicando e compartilha uma imagem de Anitta fazendo o L, antes de um show na Europa, com a legenda Lollapalooza. 



O perfil também destaca o tweet de Lula respondendo a Anitta, após ela afirmar que não faz parte do partido. "E não estou falando isso do nada. É só olhar os post mais compartilhados e mais curtidos da leitura. Simples assim. Existe um movimento um tanto conturbado dentro da base PTista/Progressista? Sim. Mas esses já estão 'ganhos'. Esse buzz 'fura a bolha', querendo você ou não", continuou a explicação. 

Junto ao tweet, o perfil exibe uma imagem com os posts mais compartilhados relacionados ao termo Anitta. Em primeiro lugar, está a imagem da cantora fazendo o L antes do show, que mencionamos anteriormente. Em seguida, o pedido para não usarem sua imagem para propaganda eleitoral. Ou seja, mais uma vez provando o que o buzz realmente furou a bolha. 


"'Ahhhhh mas gerou pauta pro bolsonarismo!' Olhem os dados do post dele e comparem com o Lulapalooza! Estamos falando de uma disputa de narrativas entre uma cantora e um presidente da república, entende? Quem foi parar nos TT? Ela? ou Ele? 'Vai malandra!'", mostrando que os números na publicação da cantora foram muito maiores que os de Bolsonaro.

Só em quantidade de curtida, por exemplo, Anitta teve mais de 180 mil, enquanto o atual presidente, apenas 50 mil.

Em seguida, o perfil continuou explicando, com números, que o antibolsonarismo é muito maior que o antipetismo, exemplificando com uma pesquisa da Datafolha de junho. "É importante entender que Bolsonaro só fala pra sua bolha. E a percepção da opinião pública está muito desfavorável para o presidente. (DATAFOLHA 23/06/2022)", finalizou a explicação. 


Os internautas começaram a entender o posicionamento da cantora. "Gente, isso faz muito sentido, pq eu conheço muita gente que não é petista mas vai votar no Lula, no fim isso pode ser uma ótima estratégia pra tentar eleger o Lula no primeiro turno", escreveu um usuário do Twitter. 


Veja a thread completa:



No mesmo dia que o perfil realizou a thread, Anitta deu uma entrevista para a imprensa portuguesa e revelou que conversou com Lula antes de se posicionar publicamente e explicou a estratégia de marketing que pretendia fazer.


*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários