Clima pesado provoca demissão em massa na CNN Brasil; veja lista

Muito se fala sobre a onda de cortes da Globo, mas desde o começo deste ano a CNN Brasil vem enfrentando demissão atrás de demissão devido ao clima pesado dentro dos estúdios e redações. Muitos jornalistas têm optado até mesmo por trabalharem em outros veículos ou empresas, mesmo que por trás das câmeras. A debandada é gigante. Veja a lista de quem não faz mais parte do canal de notícias e pediu as contas desde o início de 2022:

Larissa Alvarenga

Larissa Alvarenga, da CNN de Brasília, pediu demissão da emissora após receber uma proposta mais atraente do site Metrópoles. A jornalista era repórter e apresentadora sobre política na emissora desde 2020.

Reprodução/Instagram

Rachel Vargas

Rachel também fazia parte do time de reportagem de política na emissora em Brasília, mas pediu demissão após receber uma boa proposta financeira de outro veículo de imprensa.

Reprodução

Renan de Souza

Após dois anos e meio, o apresentador e comentarista Renan de Souza saiu da CNN Brasil. Ele estava na emissora desde antes da estreia nacional e vinha participando dos telejornais noturnos com seus comentários e análises internacionais.

Reprodução/Instagram

Carla Vilhena

Carla Vilhena não chegou a completar dois anos no elenco da CNN Brasil e pediu demissão. A confirmação de sua saída foi feita minutos antes do Visão CNN, telejornal que ela apresentava, entrar no ar. Roberta Russo foi escalada às pressas para substituí-la. Hoje, a jornalista está no SBT.

Reprodução/Instagram

Fernando Gomes

O neurocirurgião, que foi apelidado pelo público de "médico gato", apresentou o programa correspondente médico por dois anos no canal de notícias, mas seu vínculo chegou ao fim em junho e não foi renovado. Fernando Gomes caiu nas graças do público quando se tornou colaborador fixo do Encontro com Fátima Bernardes. A parceria durou seis anos e ele só saiu da Globo por ter recebido o convite para ser um dos titulares do Aqui na Band, matinal que naufragou na audiência e foi rapidamente cancelado. Em julho de 2020, ele acabou contratado pela CNN Brasil.

Reprodução/Instagram

Pablo Augusto Relly

O apresentador pediu demissão em maio deste ano, mas somente em julho que ele resolveu tornar pública sua decisão de se desligar. Ele havia sido contratado em janeiro de 2020, antes mesmo do início das operações do canal de notícias no país. Pablo ocupava o cargo de editor de internacional e fazia entradas em diversos telejornais da emissora, comentando e analisando os principais fatos que ocorriam fora do Brasil.

Reprodução/Instagram

Marcela Monteiro

A ex-repórter e apresentadora da Globo foi demitida da CNN Brasil após um ano e meio no canal de notícias e atuava como repórter factual, quase sempre como videorrepórter, ou seja, ela não tinha equipe com carro próprio para acompanhá-la nas pautas. Sua demissão ocorreu porque ela se recusou a retornar de ônibus para casa após uma reportagem em uma cidade distante do Rio de Janeiro.

Reprodução/Instagram

Cassius Zeilmann

Cassius recebeu a notícia que foi demitido da CNN após voltar de férias, com um pouco mais de dois anos de casa. Ele era âncora e repórter do canal em Brasília.

Reprodução/Instagram

Natália André

Natália pediu demissão da emissora após receber uma proposta financeira mais atrativa. Hoje, a jornalista está no portal Metrópoles.

Reprodução/Instagram

Bárbara Baião

Bárbara Baião, uma das principais repórteres de Brasília, pediu demissão na mesma época que Natália, no começo deste ano, e foi para o site jurídico JOTA.

Reprodução/Twitter

Galton Sé

Em 2020, o ex-repórter do SBT foi contratado pela CNN Brasil para ser um dos principais jornalistas de política da emissora em Brasília, mas também pediu demissão neste ano.

Reprodução/Instagram

Paula Martini

Paula era repórter e apresentadora no Rio de Janeiro desde a estreia da emissora no Brasil. Mas, recentemente, ela pediu demissão e assinou com o Valor Econômico, do grupo Globo.

Reprodução/Twitter

Fique por dentro!

Siga a coluna nas redes sociais =)

Gabriel Perline