Day detalhou sobre sua relação familiar com Zezé Di Camargo e Luciano
Reprodução/Instagram
Day detalhou sobre sua relação familiar com Zezé Di Camargo e Luciano

Day, da dupla com Lara, é sobrinha de Zezé Di Camargo e Luciano, mas garante que o parentesco não a ajudou na carreira musical. "É um peso de responsabilidade muito grande, são pessoas que merecem ser seguidas de exemplo, assim como outros artistas", afirmou.

A cantora revelou que seus tios e sua prima, Wanessa, não são como uma inspiração e muito menos um facilitador.

"Eu sempre falava que era um fator inspirador, mas na verdade, eu, desde muito nova, me identifiquei na música. Então, a inspiração é seu sonho, você por si só ser sua inspiração, saber o que você quer fazer, você continuar naquilo", explicou. 

A primeira voz da dupla não nega a importância familiar na carreira, mas garantiu que se seus tios fossem pessoas anônimas, a importância seria a mesma. "Mesmo se fossem o Zé padeiro e a Maria costureira, teriam a mesma importância, porque a profissão é só um detalhe, o que importa é a pessoa", disse em entrevista à coluna. 

"É claro que a gente cresce com exemplos mais próximos, mas a gente cresce admirando como todos os outros artistas. Hoje em dia, todo mundo tem a mania de querer justificar o talento ou sucesso do outro, por um monte de coisa, menos pelo próprio sucesso. Não vem de família! Não é sobre isso!", desabafou.

Ainda na entrevista, Day saiu em defesa de sua prima Wanessa - que desde muito nova é alvo de críticas e comparações. "Se ela tem o sucesso dela, é porque ela é talentosa e não é por ser filha de quem é. Wanessa, Mirosmar e Welson (nomes verdadeiros de Zezé Di Camargo e Luciano) são pessoas que merecem a ser seguidas de exemplo, são histórias lindas!", defendeu a família. 

Day confessou que quando gravou a música Saudade Bandida ao lado de seus tios para o DVD Vai Ser Bão Pra Lá, foi um baita nervosismo, mas que acima de tudo, uma realização e uma conquista, tanto familiar quanto profissional. Além disso, a cantora confessou que sempre faz uma homenagem ao seu avô, Seu Chico, como ela o chama, em seus shows. 

"Se a nossa admiração por Zezé Di Camargo e Luciano é grande, com certeza a pelo Seu Chico é muito maior! Ele sim foi um grande empreendedor... e empreender tem que deixar o coração de lado, então imagina empreender nos próprios filhos, sem nenhuma informação ou estudo. Isso eu acho muito familiar (risos), essa vontade e persistência", concluiu.  

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários