José Luiz Datena perdeu a paciência durante o Brasil Urgente
Reprodução/Band
José Luiz Datena perdeu a paciência durante o Brasil Urgente


José Luiz Datena perdeu a paciência com o major Palumbo, do Corpo de Bombeiros, e com o capitão Bonifácio, da Polícia Militar, durante o Brasil Urgente deste sábado (12). O apresentador confrontou informações fornecidas pelos oficiais e se irritou com a imprecisão dos dados, rebatidos com as imagens exibidas ao vivo pela Band.


Datena exibia a confusão armada por torcedores do Palmeiras nos arredores do Allianz Parque, em São Paulo, após a derrota para o Chelsea por 2 a 1 na final do Mundial de Clubes, que resultou em uma pessoa baleada.

Mas o bate-boca começou quando os oficiais passaram a informar um número de feridos diferente das imagens que o programa estava exibindo ao vivo para todo o país. Ambos disseram que somente havia um ferido, enquanto as cenas captadas pelo Brasil Urgente mostravam um número maior.

"Tá vendo, Palumbo, é o segundo colocado dentro do carro do Samu, então, não dá para brigar com a imagem. Eu estou querendo te ajudar. Você está falando que só tem um ferido, pode ser que só tenha um ferido com bala, mas tem mais gente ferida. É a imagem que nós estamos mostrando aqui. Estou querendo ajudar você, para complementar a informação. (...) Está vendo, Palumbo? É o segundo colocado dentro do carro do Samu. Não dá para brigar com a imagem, Palumbo", disse Datena, sem paciência.

"Datena, o Corpo de Bombeiros recebe as ligações, os chamados. Até o momento, o Corpo de Bombeiros registrou uma vítima. Agora, se o Samu estiver atendendo alguma vítima, nós saberemos mais para frente", rebateu o líder do Corpo de Bombeiros.

Leia Também

"Sabe por que não vou perder a paciência com você? Pelo respeito que eu tenho a você, mas não dá para brigar com a imagem. O Corpo de Bombeiros atendeu um só. Eu já entendi. Você falou cinco vezes. Agora, eu falei cinco vezes que o Samu está atendendo outras vítimas. Parece que só o Corpo de Bombeiros está atendendo lá", retrucou o apresentador.

Logo na sequência, o capitão Bonifácio entrou ao vivo no Brasil Urgente e novamente Datena perdeu a paciência ao confrontar as informações prestadas pelo Policial Militar.

"Bonifácio, você não vai fazer média com o Palumbo, não? Tem mais gente ferida. Se vocês forem fazer corporativismo aqui, eu fico falando sozinho. Tem mais gente ferida. Não tem um ferido só. Você está vendo a imagem? Esse cara está ferido ou não? Eu estou defendendo vocês, vocês querem fazer corporativismo, então eu fico fazendo sozinho aqui. Esse cara está ferido ou não? Ou eu estou vendo o cara sangrando à toa? Como só um ferido?", provocou o apresentador.

"O que acontece nessa situação é o seguinte: o pelotão de choque que está em apoio na região tem que atuar, e a atuação foi competente. Houve a prisão do indivíduo e da arma. Então, teve a notícia de alguém ferido, e que pode ter sido alguém não só este baleado, vai toda a força de saúde...", dizia o PM até ser interrompido por Datena.

"Eu entendo o que você diz, que tem uma burocracia para saber, mas eu estou te mostrando a imagem. Você não está vendo a imagem, não? Eu já mostrei três ou quatro feridos", disse o apresentador, completamente sem paciência.

Assista:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários