William Bonner e Renata Vasconcellos são os titulares do Jornal Nacional; Globo promove devassa no Jornalismo
Divulgação/TV Globo
William Bonner e Renata Vasconcellos são os titulares do Jornal Nacional; Globo promove devassa no Jornalismo


corte violento de jornalistas que a Globo promoveu em 2021 terá continuidade neste ano. E mais uma vez, os ameaçados são os profissionais que estão há muitos anos na casa e possuem os chamados "supersalários", valores que a emissora considera como incompatíveis para sua realidade atual.


A coluna recebeu uma lista com nomes de alguns profissionais, todos do vídeo, que estão na mira do RH neste ano, mas optei por não divulgar por respeito aos colegas.

Entre as demissões previstas constam apresentadores e repórteres, que já estiveram nas listas de cortes de 2020 e de 2021, mas acabaram poupados. 

O critério a ser aplicado será o mesmo dos anos anteriores: salário versus produtividade. Fazer somente o "arroz com feijão" não basta.

Leia Também

A Globo tem dado mais espaço a profissionais versáteis, que produzem conteúdos para todas as plataformas de comunicação do grupo, como podcasts e séries de reportagens que possam ser utilizadas em datas especiais, programas de entretenimento e até mesmo se tornarem documentários para o Globoplay.

Com a pandemia, a emissora se viu obrigada a dar mais espaço a repórteres menos experientes, que passaram a preencher os noticiários mais nobres, antes ocupados somente por veteranos. E eles agradaram a chefia. Com salários mais modestos, os "novatos" trouxeram novas linguagens e abordagens, pensaram em produtos multiplataforma e alguns acabaram promovidos.

É o caso de Murilo Salviano e Tábata Poline, que apresentaram o especial de fim de ano Fé Na Vida, exibido durante três dias em horário nobre. Denise Thomaz Bastos e Luiza Vaz, que estão há pouco tempo na reportagem de São Paulo e comandaram recentemente o Mistura Paulista. E também de Daniella Dias, que está há apenas oito meses na emissora e já ganhou o posto de apresentadora do Expedição Rio.

Procurada, a Globo não comentou sobre as demissões dos veteranos que ocorrerão ao longo deste ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários