Funcionários de afiliada da Globo no interior de São Paulo ameaçam entrar em greve
Divulgação
Funcionários de afiliada da Globo no interior de São Paulo ameaçam entrar em greve


A coluna publicou ontem com exclusividade da ameaça de greves que jornalistas da Globo fizeram por conta do reajuste salarial. Agora, todos os funcionários da TV Fronteira, afiliada da emissora em Presidente Prudente (SP), estão em estado de greve. Um carro de som tem percorrido toda a cidade para fazer os patrões passarem vergonha em praça pública.

Paulo César de Oliveira Lima, dono da emissora e ex-deputado federal, foi notificado no final de outubro, por meio de uma carta enviada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, que as tentativas de reuniões para debater os pedidos de reajustes foram frustradas, e por esta razão havia sido decretado o estado de greve.


Em um dos trechos do discurso inflamado do porta-voz do sindicato, que representa os funcionários da emissora, é dito que os donos da TV Fronteira estão neste momento gozando de férias na Suíça e se recusam a negocar qualquer reajuste com os trabalhadores.

Leia Também

"Falta de respeito do Grupo Fronteira de Rádio e Televisão. São três rádios e uma TV, afiliadas da Rede Globo, que há quatri anos não dá um reajuste salarial a seus trabalhadores. Que inclusive estão nessemomento em estado de greve pra ver se a empresa senta pra negociar. São quatro anos sem nenhum tipo de reajuste. E a falta de respeito é tão grande que mesmo os trabalhadores das rádios e TV Fronteira em estado de greve, os patrões estão lá se divertindo na Suíça", diz o carro de som.

Leia Também

Neste momento, os funcionários do Grupo Fronteira estão em estado de greve e podem paralisar suas atividades a qualquer instante, deixando as emissoras de TV e rádios sem conteúdo. O prejuízo que isso pode causar aos patrões é gigante.

"A inflação subido a todo momento, e há quatro anos esses trabalhadores amargando aí, sem nenhum tipo de reajuste salarial, nem ao menos a inflação esles estão repondo nestes quatro anos. Os trabalhadores estão em estado de greve e a qualquer momento podem paralisar as atividades das três rádios e da TV Fronteira", ameaça o porta-voz dos funcionários.

Assista ao vídeo do carro de som que passeou pela cidade expondo os patrões da TV Fronteira:



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários