Felipe Castanhari e Rafinha Bastos querem usar derrota de Marcius Melhem para Piauí como defesa
Reprodução
Felipe Castanhari e Rafinha Bastos querem usar derrota de Marcius Melhem para Piauí como defesa

Marcius Melhem  sofreu um revés na Justiça e perdeu o processo que moveu contra a revista Piauí, sendo julgado improcedente o pedido de indenização por danos morais.

Agora, as defesas de  Felipe Castanhari e Rafinha Bastos  querem que esta sentença seja trasladada para dentro dos processos em que são réus por conta das demandas também movidas pelo ex-diretor de humor da Globo.


Os advogados de Melhem tentam impedir que isso ocorra. Na ocasião, a Piauí havia publicado uma reportagem com denúncias de suposto assédio moral e sexual, praticado por Melhem contra oito mulheres, incluindo Dani Calabresa.

Os influenciadores pediram que sejam enviados ofícios à 2ª Vara Civil de Pinheiros, em São Paulo, onde tramita a ação de Melhem contra a revista Piauí, para usar a sentença como prova. Bastos protocolou o pedido na última quinta-feira (14).

Nesta segunda-feira (17), o juiz Valentino Aparecido de Andrade que atua no processo de Castanhari, afirmou que analisará o caso.

Os influenciadores afirmam que, uma vez que todos os fatos que foram discutidos na ação em que Melhem saiu derrotado, descrevem condutas claras de assédio moral e sexual praticadas pelo humorista, e ainda antecedem as manifestações feitas por eles, a sentença que julgou improcedente a pretensão de indenização do humorista é uma importante prova documental.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários