Cristina Mortágua
Divulgação
Cristina Mortágua

Cristina Mortágua  resolveu fazer um desabafo em seu Instagram. Ela acusa a própria mãe de tê-la 'vendido' para um drogado.

'Enquanto uma 'MÃE' com M maiúsculo sofre a perda do filho (Dona Déa, mãe de Paulo Gustavo) idolatrado e amado pelo Brasil por seu caráter, sua inteligência em fazer a população mais carente e nós mesmos, rirmos, para relaxar das mazelas da vida... Tem mãe que cafetina filha pra drogado apenas pra poder não ajudar a filha na pandemia. Se vocês tinham dúvida do que é narcisismo. Tá aí a prova viva', escreveu ela na rede social.



Cristina continuou: 'Sem saber que eu estava drogada eu fiquei três dias sem dormir desesperada e uma das coisas que eu mais adoro é dormir. Corri pro meu psiquiatra e narrei os fatos sem omitir nada. Ele disse 2 coisas que me fizeram pensar e ensinamentos que levei pra vida. Nunca confie num viciado. É que bom que você passou mal. Pelo menos já sabe que nunca mais poderá se envolver com esse tipo de arma letal. É uma pena, mães que deveriam proteger os filhos em situações vulneráveis e entregá-los à morte. É como mães que não tem perspectiva de vida, vender os filhos para serem prostitutas ou diretamente para o tráfico de mulheres'.

A ex-modelo ainda diz que a mãe quer vender o apartamento onde ela mora: 'Esse apartamento que ela quer que eu vá embora, ela me deu meses antes de eu engravidar e quando ela soube que o Edmundo era pai do meu filho, me mandou embora e disse que não me deu apartamento pra engravidar de vagabundo'.


Cristina, que sofre de depressão, relata a falta de apoio familiar: 'Realmente eu nunca tive apoio dela para nada na infância e na juventude. Cresci ouvindo da minha mãe que preferia ter uma filha puta do que uma filha sapatão. Há tempos venho dizendo que preciso de tratamento, pois estou com depressão profunda. Ela diz que é frescura. Fica preocupada com o neto (Alexandre Mortágua) porque sabe que o rejeitou. Não foi ver na maternidade e o espraguejou'.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários