Junior Lima
Reproduão/Instagram/@junior_lima
Junior Lima

O músico Júnior Lima passou por um momento bastante complicado por causa de sua Carteira Nacional de Habilitação. Ele acumulou 37 pontos na CNH , em razão de infrações de trânsito cometidas com veículos registrados em seu nome e respondeu a um processo administrativo "Algumas imagens de monitoramento mostram as infrações que teriam sido cometidas pelo artista ao longo de 2014, em Campinas, Valinhos e São Carlos, no estado de São Paulo.

Júnior foi notificado da instauração do processo em junho de 2015, mas apresentou defesa fora do prazo, tendo como punição a suspensão do direito de dirigir por um mês. Como o músico não entregou a carteira, a punição foi inscrita no cadastro do condutor em novembro de 2015. O cantor entregou a CNH às autoridades somente em outubro de 2017, tendo realizado uma reciclagem para infratores no dia 27 de novembro do mesmo ano.

Inconformado com a situação, o cantor resolveu mover uma ação contra a Prefeitura de Campinas, Detran São Paulo, DER, e Prefeitura de São Paulo. Conforme consta nos autos, o músico queria, através da ação, a nulidade dos atos administrativos. O artista ainda alega que tem alguns veículos registrados em seu nome, sendo utilizados por terceiros, como seus funcionários, por exemplo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários