André Marinho pode ser preso
Reprodução/Instagram
André Marinho pode ser preso

André Marinho, que participou da edição 2019 do 'Power Couple', está enrolado com a Justiça do Rio Grande do Sul. Há dois meses o ex-Bro'z começou a descumprir uma sentença em que ficou acordado o pagamento da  pensão alimentícia da filha caçula, hoje com 2 anos, que ele teve com a empresária Tailane Peixoto. O acordo, homologado e sentenciado pela juíza da Vara de Família da Comarca de Gravataí, previa inicialmente o pagamento de um valor simbólico em função da pandemia de Covid-19, mas desde março deste ano André já deveria ter começado a depositar o valor integral da pensão.

No entanto, mesmo sabendo do risco de ter sua prisão decretada, o cantor vem descumprindo o acordo e continua pagando apenas o valor simbólico enquanto ostenta um padrão de vida diferente do informado em juízo, ao lado de sua família nas redes sociais. O advogado de Tailane já entrou com pedido da execução da sentença que determina o pagamento do valor integral da pensão de imediato. Caso André não cumpra imediatamente a ordem judicial, será expedido o mandado de prisão.

Para evitar levar o caso à Justiça, o advogado de Tailane Peixoto tentou acordo extrajudicial entre as partes, mas André esteve ausente na hora de assinar o documento conforme havia sido combinado. André e Tailane tiveram um relacionamento de seis anos que chegou ao fim em 2019, quando a filha do agora ex-casal tinha apenas três meses. Atualmente morando no Rio de Janeiro, André visitou a filha no Sul apenas duas vezes desde que se separou de Tailane.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários