Rodolffo no
Reprodução/Globo
Rodolffo no "BBB 21"

O ativista dos direitos LGBTQI+, Agripino Magalhães anunciou que vai processar o sertanejo Rodolffo pelo crime de homofobia ao fazer um comentário sobre o figurino de Fiuk antes da festa do último sábado (20) no ' BBB 21 '.

Ele contou à coluna que irá acioná-lo na Justiça cobrando explicações do participante, por meio de uma denúncia crime por ofender a comunidade LGBTI+. "Não foi a primeira que vez Rodolfo fez comentários homofóbicos e transfóbicos também dentro da casa. Não podemos mais passar pano. Até quando vamos ter isso na televisão? O Rodolffo irá responder como qualquer uma pessoa que discriminar outra pessoa pela sua orientação sexual", explica Agripino.

A confusão entre Rodolffo e Fiuk aconteceu no quarto do Cordel, quando o cantor comentou que o filho de Fábio Júnior usaria um vestido e não uma camisa no show do Léo Santana e Glória Groove.

O ator e cantor não gostou da brincadeira e o goiano acabou provocando ainda mais ao perguntar para Sarah como levaria Fiuk de vestido para as boates em Goiânia. Gay assumido, Gil, que estava também no quarto e presenciou a situação, rebateu: "Em Goiânia os homens são brutos, mas também tem os gays' e aí foi a vez de Rodolfo ironizar. 'É, as chérrimas (os gays) vão nele".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários