Tamanho do texto

Atriz processou construtora por uso indevido de sua imagem. Além do valor superior a R$ 200 mil pela infração, Justiça estipulou multa por danos morais

Claudia Raia vai receber uma bolada daquelas. O valor estipulado é nada mais nada menos que R$ 236.266,62. A grana se refere a um processo que a atriz entrou na Justiça contra uma construtora por uso indevido de imagem.

Leia também: Sucesso em "Verão 90", Claudia Raia é sinônimo de boa audiência na faixa das 19h

Claudia Raia
Reprodução/Instagram
Claudia Raia

A coluna explica tim tim por tim tim. Que Claudia Raia faz sucesso por onde passa, ninguém duvida. Uma construtora de condomínios em regiões nobres, no Rio Grande do Norte, a Mar de Pipa Empreendimentos e Participações Ltda., sabendo da boa imagem da atriz, decidiu contratá-la como garota propaganda do empreendimento Ilê de Pipa Resort.

O problema é que, mesmo depois da campanha que Claudia estrelou para a construtora, que duraria três meses, eles continuaram usando a imagem da artista. Sabendo do caso, Claudia entrou com o processo contra o empreendimento por uso indevido de imagem .

Leia também: Cláudia Raia revela como perdeu a virgindade: "Com o namorado da minha irmã"

O processo de número 1103736-81.2018.8.26.0100 vem se arrastando desde outubro de 2018. Mas agora está perto de ter um fim. Depois da reclamação de veiculação irregular durar quase nove meses, Claudia Raia e sua empresa, Raia Produções, ganharam em segunda instância R$ 206.266,62 de indenização mais R$30 mil por danos morais.