Tamanho do texto

Rosie fala sobre a nova fase como coach e como inspira pessoas. Mariana Ximenes e a série "The Shop" são outros destaques da coluna bastidores

Campeã do Miss Bumbum em 2017, Rosie Oliveira mudou totalmente de ares, mas, é claro, sem esquecer de um passado que lhe trouxe tantas oportunidades na vida. Hoje em dia, a dona do derrière mais bonito daquele ano é uma coach e quer se dedicar cada vez mais a isso.

Rosie Oliveira vira coach
Reprodução/Instagram
Rosie Oliveira vira coach

Leia também: Campeã do Miss Bumbum 2017, Rosie Oliveira vai se dedicar ao mundo fitness

“Eu sempre quis entrar nessa área de psicologia e depois de um tornar uma pessoa pública, competir em competição fitness, trabalhar como repórter e depois de ganhar o miss [bumbum] em 2017, recebo muita mensagem que inspiro as pessoas, mensagens comoventes, isso sempre mexeu comigo e me inspirou”, disse  Rosie Oliveira  em entrevista ao iG Gente.

Tudo começou quando Rosie Oliveira recebeu um e-mail sobre um curso de Life Coaching e, imediatamente, segundo ela, resolveu investir nisso. “Na internet, muitas pessoas gostam de dar conselhos, mas um conselho mal dado, uma palavra mal dita, pode mudar a vida da pessoa, muita gente não estudou pra isso”, disse ela.

O público da ex-campeã do Miss Bumbum é o feminino, que a procura para falar sobre autoestima, relacionamento e emagrecimento. “É encantador, você entra mesmo na vida da pessoa, é um desenvolvimento pessoal”, comenta ela, que continua. “O coach hoje desenvolve a pessoa de uma maneira diferente, às vezes não é caso de psicólogo, é algo relacionado a mudança de emprego ou a compra de um apartamento”.

HBO anuncia elenco de "Pátria"

HBO anuncia elenco de
Divulgação/HBO
HBO anuncia elenco de "Pátria"

Grande parte do elenco de "Pátria", primeira série original da HBO espanhola, foi confirmada. A série gira em torno de duas famílias divididas por causa do terrorismo. As rotinas já conflituosas da família são abaladas por um assassinato.

Dentre o elenco confirmado constam Elena Irureta, como a viúva Bittori, José Ramón Soroiz como seu marido, Txato,  Iñigo Arambarri e Susana Abaitua dão vida a seus filhos, Xabier e Nerea, respectivamente. Enquanto isso, Ane Gabarain viverá Miren, mulher de Joxian, papel de Mikel Laskurain. Os três filhos desse outro casal casal serão interpretados por Jon Olivares (Joxe Mari), Loreto Mauleón (Arantxa) e Eneko Sagardoy (Gorka). 

Leia também: As gatas que abalaram 2017: Rosie Oliveira, a vencedora do Miss Bumbum

Kim Possible

Divulgação/Disney
"Kim Possible" estreia no próximo domingo (24)

Com um ar nostálgico que tem atraído o público, a nova aposta da Disney é "Kim Possible", na versão de um longa metragem em live action. Com estreia no próximo domingo (24) às 20h no Disney Channel, o filme protagonizado por Sadie Stanley gira em torno do ingresso de Kim na Middleton Middle School e a conciliação entre a vida de adolescente comum e a vida de superespiã, com a missão de derrotar os vilões Drakken e Shego.

The Shop

Divulgação/HBO
"The Shop" estreia na HBO GO

Na próxima sexta-feira (29), série " The Shop "estreia na HBO GO, plataforma streaming do canal  HBO . Situada em várias barbearias dos Estados Unidos, a série visa trazer conversas e entrevistas de diferentes assuntos, como música, cultura e atualidades. Snoop Dogg e os jogadores de futebol americano Odell Beckham Jr. e Alvin Kamara fazem participação durante "The Shop", que é apresentado pelo empresário Maverick Carter e pelo jogador de basquete e astro da NBA LeBron James.

Mariana Ximenes

Mariana Ximenes
Divulgação
Mariana Ximenes

No "Cinejornal" deste sábado (23), a entrevistada da vez é a atriz Mariana Ximenes. O programa é exibido às 17h30 no Canal Brasil . A atriz está no programa apresentado por Simone Zuccolotto para falar sobre “O Grande Circo Místico”, no ar na emissora a partir do próximo sábado (30).

“A Minha personagem tem uma intensidade tão bonita para mim. E ela se provoca uma dor física para macular essa angustia que ela sente. Foi muito interessante esse processo de criação”, Mariana Ximenes declarou.

Miss Bumbum na vida de Rosie Oliveira

Rosie Oliveira não se esquece do passado de Miss Bumbum
Swangraphy
Rosie Oliveira não se esquece do passado de Miss Bumbum

Apesar de ser algo que não faz mais parte de sua vida, Rosie não se esquece do passado. “O Miss Bumbum me ajudou, porque o coach se torna uma inspiração, todo coach tem uma história de vida e eu tenho muito contar. De onde eu vim, por eu ser considerada afra descendente, eu tinha zero oportunidades, mas acabei fazendo revistas internacionais e ninguém me ajudou em nada”, disse ela, que vem do Amazonas.

Segundo ela, por ser afro descendente, o mercado não a ajudou, mas ela nunca desistiu e sempre acreditou. “Todo concurso que participei, ganhei algum título, a minha competição é comigo mesma”, explicou.

Para ela, o curso para se tornar coach a ajudou a lidar com as pessoas. “Você passa pelas sessões, desconstrói tudo o que você aprendeu, crenças”, conta. “Eu aprendi a ter mais empatia pelas pessoas, quando você aprende a fazer uma análise comportamental, você não julga as pessoas”, completa.

Alguma diferença da Rosie campeã do Miss Bumbum? “Nunca fui deslumbrada por ser um símbolo de beleza, eu entrei para fazer a diferença e eu consegui”, conta. “Não mudou muita coisa, só mudou para melhor, a visibilidade e me ajudou porque as pessoas que me procuram é por autoestima”, continuou.

Sobre Miss Bumbum World, que acontecerá pela primeira vez neste ano, Rosie diz que torce para que dê tudo certo, mas ela não crê no sucesso. “Não vai ser o mesmo sucesso, porque a visibilidade era o Miss Bumbum Brasil, o grande sucesso do concurso era realmente as brasileiras, os estados, mas eu desejo muita sorte”, disse.

Por fim, Rosie falou que continua firme na academia e nos treinos, afinal, ela sempre gostou disso. “Quando  a pessoa fala em emagrecimento ou conquistar um corpo. é como dormir e comer, uma necessidade da vida, o treino para mim é isso”, comentou.

Leia também: Modelo do Miss Bumbum, Rosie Oliveira fala de comparação com atriz: "uma honra"

Rosie Oliveira finalizou: “O problema de virar coach é que você se cobra mais, eu me cobro muito, eu não posso oferecer para as pessoas uma coisa e ser outra, você tem que que seguir a risca, tem que ser exemplo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.