Tamanho do texto

Entrevista com o idealizador do projeto REFUGI, universo punk e lançamento na Bienal são destaques do Bastidores de sexta-feira (03)

A Casa de Francisca , espaço musical no Palacete Teresa, em São Paulo, recebe na próxima sexta-feira (03) às 22h, a Orquestra Munda Refugi, formada por músicos refugiados e imigrantes de diversas partes do mundo como Síria, Palestina, Irã, Congo, Guiné, Haiti, Cuba, França e China. A apresentação irá contar com um repertório especial, “Caravana Refugi”, com interpretação de grandes clássicos de Chico Buarque de Holanda. 

Leia também: Mulheres negras urgem empoderamento feminino e lutam contra racismo pela música

Orquestra Mundana Refugi é destaque na coluna Bastidores
Divulgação
Orquestra Mundana Refugi é destaque na coluna Bastidores


Em entrevista ao iG Gente, o idealizador do projeto, Carlinhos Antunes, revelou que a Orquestra Mundana Refugi tem como objetivo abrir novos caminhos para refugiados e imigrantes, que muitas vezes não vivem em países que estão em guerra, mas sim vivendo em miséria absurda.

Os músicos estrangeiros que compõem o grupo surgiram no projeto REFUGI, ação de Carlinhos juntamente com a assistente social Cleo Regina para comemorar o aniversário de 15 anos da Orquestra Mundana. 

Oferecendo oficinas de músicas gratuitas, bate-papos e debates em parceria com o Sesc Consolação, um dos principais objetivos do projeto foi contribuir para a diminuição das barreiras do preconceito e de gerar conhecimento, promovendo o encontro e a troca de experiência entre pessoas.

Reconhecimento internacional da orquestra

Orquestra Mundana Refugi tem o reconhecimento da ONU como Orquestra modelo, abrindo as portas para imigrantes e refugiados
Divulgação
Orquestra Mundana Refugi tem o reconhecimento da ONU como Orquestra modelo, abrindo as portas para imigrantes e refugiados

Reconhecida pelo ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) da ONU (Organização das Nações Unidas), a Orquestra é modelo a ser seguido em diversos lugares do mundo. Para Carlinhos, a Orquestra possibilitou que muitos músicos pudessem ter contato com diversos profissionais experientes, tocar em grandes eventos e ter destaque também na imprensa mundial. A apresentação do grupo na Casa de Francisca será transmitida ao vivo para diversos países além do Brasil. 

Em continuidade do projeto, o multi-instrumentista também contou que o objetivo é criar uma fundação REFUGI, que transcende a Orquestra, dando continuidade ao trabalho de apoio a refugiados e imigrantes. 

Vida longa aos Ratos de Porão!

Ratos de Porão realiza show gratuito no Sesc Campo Limpo, em São Paulo
Divulgação
Ratos de Porão realiza show gratuito no Sesc Campo Limpo, em São Paulo

Formada na década de 80, a banda Ratos de Porão foi uma grande influenciadora do movimento punk brasileiro. Com quase 40 anos de carreira e fama internacional, o grupo sobe aos palcos do Sesc Campo Limpo no próximo sábado (04), para um show gratuito sem necessidade de retirar ingresso. Isso mesmo, é só aparecer!

Em entrevista, João Gordo comentou o sucesso após anos de sua estreia: “Hoje, no mundo inteiro, o Ratos é a banda que mais mistura o público. Desde skinhead, cabeludo, thrash metal, black metal, punk com moicano, todo tipo”.

O Masterchef dos Fotógrafos!

Os participantes do programa
foto: Camilla Kinker
Os participantes do programa "Arte na Fotografia"

Já na TV aberta, os artistas imagéticos ganham destaque! Câmera na mão… e que o melhor fotógrafo vença! Nesta sexta-feira (03) estreia a segunda temporada de “Arte na Fotografia”, o primeiro reality show de fotógrafos do Brasil.

 Sucesso na programação do Arte1 , canal a cabo da Band , a atração chega a sua segunda temporada com a apresentação da atriz Thalma de Freitas. Nomes da fotografia como Thales Trigo, Walter Costa e Julia Kater estão confirmados para opinar sobre os desafios da competição. O prêmio para o vencedor do programa é um conjunto completo de equipamentos fotográficos.

Diretamente da TV para as Livrarias

Protagonizada por Thais Valverde,
Divulgação
Protagonizada por Thais Valverde, "As Aventuras de Poliana" vira livro e ganha destaque na Bienal do Livro

O SBT , em conjunto com a Universo Livros, lançam na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece de 3 a 12 de agosto, o primeiro livro oficial da novela “As Aventuras de Poliana”.

 O jogo do contente praticado pela personagem principal, Poliana (Sophia Valverde), também poderá ser vivenciado pelos fãs do folhetim através das páginas impressas ou digitais dessa publicação que aborda sempre a filosofia de descobrir o lado bom da vida. A novela tem sido um sucesso no SBT, garantidno o segundo lugar isolado ne audiência. 

Música alternativa é destaque nas paradas

Vanguart lança novo clipe
Divulgação
Vanguart lança novo clipe

Já no ramo da primeira arte o destaque é a música alternativa. Poucos sabem, mas há menos de um mês o Vanguart apresentou seu mais recente álbum, o “Beijo Estranho”. Nele, além das canções do disco, eles apresentam três faixas inéditas. A primeira delas, Tudo que Não For Vida , ganhou seu clipe oficial nesta quinta-feira (2) no YouTube. Confira o vídeo na íntegra:


Filho de peixe, peixinho é

Giulia Costa, filha de Flávia Alessandra, é nomeada embaixadora de ação social no Sul do país
Divulgação
Giulia Costa, filha de Flávia Alessandra, é nomeada embaixadora de ação social no Sul do país

Recentemente a filha da atriz Flávia Alessandra, Giulia Costa, foi nomeada embaixadora de um projeto social em Florianópolis, região sul do país. A iniciativa é comandada pelo fotógrafo Jacques Dequeker em parceria com a organização Frei Damião e visa empoderar mulheres locais.

Além disso, o projeto irá distribuir roupas exclusivas por uma loja sulista e a venda sob os produtos será revertida para gerar oportunidades para as mulheres que recebem auxílio da fundação.

+ Orquestra Mundana Refugi 

A apresentação na Casa de Francisca irá contar com um repertório especial em homenagem a Chico Buarque, Luiz Gonzaga e outros temas internacionais. Além da apresentação do novo disco, gravado ao vivo e lançado em junho, haverão testemunhos da origem e da trajetória de seus integrantes. Para assistir a apresentação é preciso fazer uma reserva diretamente no site da Casa. 

Orquestra Mundana Refugi durante apresentação
Divulgação
Orquestra Mundana Refugi durante apresentação


Em 24 de agosto, às 21h, no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer, eles também irá se apresentarão juntamente com a OCAM (Orquestra de Câmara da ECA/USP). Com classificação livre e ingressos a R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia), o evento terá a regência de Gil Jardim, com obras de Bela Bartok, Villa-Lobos, Chico Buarque, Raouf Jemni, Carlinhos Antunes e Lokua Kanza, entre outras.

Leia também: Imigrantes geram uma nova cena cultural em São Paulo

A Orquestra Mundana Refugi também marca presença na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no Espaço Infantil "Tenda das Mil Fábulas", com a presença de Carlinhos Antunes e integrantes para dar continuidade as homenagens ao emirado árabe de Sharjah.

    Leia tudo sobre: músicas