Tamanho do texto

Entrevista com a cantora que lança seu primeiro single, filme com Adriana Esteves e novo clipe da St. Vincent são destaques da coluna Bastidores

Dani Vellocet vem com tudo para competir com as grandes cantoras do momento. A santista acabou de lançar o clipe de A Rainha e o Leão , música que estará em seu primeiro álbum solo, “Amores”, programado para o segundo semestre deste ano.

Dani Vellocet divulga videoclipe e fala sobre novo álbum e influência dos anos 1980 em sua carreira
Divulgação
Dani Vellocet divulga videoclipe e fala sobre novo álbum e influência dos anos 1980 em sua carreira

O videoclipe da cantora conta com a participação das atrizes Julia Konrad e Cristiana Oliveira, e traz consigo uma série de simbolismos, presentes também na letra da música. “A letra da música é autobiográfica. Conta de maneira lúdica minha vinda a São Paulo, para ficar com a minha namorada e também essa relação de paixão e proteção característica do signo de leão”, explica.

Leia também: O enigma Anitta: Por que os empresariados pela cantora não decolam?

O clipe tem uma pegada anos 1980, assim como Dani afirma que carrega no álbum. “Algumas faixas do meu disco “Amores” (que será lançado em agosto), têm essa sonoridade oitentista. A Rainha e o Leão é uma das que mais retratam a época. Além de ser a estética que a música pedia, é um período que me influenciou demais”, diz Dani, que tem Lulu Santos, Marina e Rita Lee como referências para o disco.

Parceria com Julia Konrad

Dani Vellocet lança clipe de
Divulgação
Dani Vellocet lança clipe de "A Rainha e o Leão"

Dani conta que conheceu Julia quando se apresentou no Rock in Rio em 2017. Elas ficaram amigas imediatamente e já começaram a pensar em uma parceria. “Desde o primeiro dia eu imaginei ela em algum clipe meu. Quando chegou a hora, ela já estava super dentro.  Aí combinamos que eu a ajudaria na carreira dela de cantora. E assim, a gente segue somando e se ajudando”, conta.

Leia também: IZA coloca o Brasil para dançar com seu primeiro disco "Dona de Mim"

No vídeo Julia faz par romântico com Cristiana Oliveira, ícone dos anos 1980, e que, de acordo com Dani é “super fofa”. Ela atendeu um pedido da cantora que fez o convite para o clipe por mensagem no instagram.

Machismo

Além do romance e da cumplicidade mostrados no clipe, outro aspecto presente é o machismo. Também inspirado na realidade, Dani fala que o trabalho foi um “desabafo inconsciente” que “amplificou esse sentimento de invasão e desrespeito que vivemos no nosso cotidiano”.

Por fim, a cantora falou sobre seu futuro, que inclui o lançamento de mais um single, que deve ser lado Bom. Ela também planeja um videoclipe para a faixa. A música promete também uma parceria com outro conhecido cantor, o vocalista do Jota Quest Rogério Flausino.

Adriana não para

Adriana Esteves e Karine Teles em cena de
Divulgação
Adriana Esteves e Karine Teles em cena de "Benzinho", dirigido por Gustavo Pizzi

A multifuncional Adriana Esteves está no ar na televisão como Laureta em “Segundo Sol”. Encarando mais uma vilã de João Emanuel Carneiro, ela parece aos poucos se desvencilhar de Carminha e dar vida própria a cafetina baiana. Mas, como se não bastasse o trabalho na televisão, onde atua ao lado do marido Vladimir Brichta, Esteves também tem um ano cheio nos cinemas.

A atriz está no cinema atualmente com “Canastra Suja”, longa de Caio Sóh, onde rouba a cena como uma dona de casa que passa os dias cuidando da filha com autismo, ao mesmo tempo em que mantém um caso com um homem comprometido.

Leia também: Amoralidade é matéria prima do incômodo e honesto “Canastra Suja”

Para completar, Adriana volta aos cinemas no segundo semestre com “Benzinho”, de Gustavo Pizzi. O filme, que acabou de ganhar seu pôster oficial, conta com Karine Teles, que também assina o roteiro com Pizzi.

Pôster de
Divulgação
Pôster de "Benzinho", que estreia em julho

Os dois, inclusive, foram casadas e basearam a história do filme em suas experiências pessoas. Teles faz Irene, que mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos nos arredores do Rio de Janeiro. Entre os empreendimentos sem sucesso do parceiro e os problemas da irmã (Adriana Esteves), Irene se desdobra para ajudar a todos e dar atenção aos filhos.

Mas é quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris, ator grego em sua estreia nos cinemas) é convidado para jogar handebol na Alemanha, que ela terá que lidar com o maior de seus problemas, a despedida antes do previsto.

O longa já foi vendido para França, China, Austrália, Nova Zelândia, República Checa, Portugal, México, Polônia, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Grécia, Espanha, Suíça, Áustria, Bósnia Herzegovina, Croácia, Macedônia, Montenegro, Sérvia e Eslovênia. No Brasil, tem previsão de estreia em 23 de  agosto. 

É o fim

Mais uma série nacional da HBO se prepara para a despedida em 2018. Depois de “O Negócio”, “Sr. Ávila” estreia em julho sua última temporada. Estrelada por Tony Dalton, Carlos Aragão, Camila Selser e Michel Brown, a série ganhou reconhecimento mundial e vários prêmios, incluindo um Emmy International.

Sem entregar detalhes da temporada, a HBO prometeu que a história de Roberto Ávila está prestes a ser resolvida. A última temporada estreia em 29 de julho.

Fortes emoções

Divulgação
"Segundo Sol": Luzia e Ícaro ficarão cara a cara neste sábado (23)

O capítulo deste sábado (23) de “Segundo Sol” será de grandes emoções. Ícaro (Chay SUede) ficará cara a cara com sua mãe Luzia (Giovanna Antonelli). Luzia aparece e se revela para o filho. Ícaro fica irado, e numa sequência de acusações, expõe a mágoa que guardou por tanto tempo. Ele culpa a mãe pela morte do pai e busca uma explicação para o doloroso abandono. Luzia se defende, em vão. Cacau também tenta ajudar a irmã, mas Ícaro a julga como cúmplice.

A DJ justifica que não teve culpa pela morte de Edilei (Paulo Borges), argumentando ter sido vítima da armação de Laureta e Karola (Deborah Secco). Ela relata que, na cadeia, foi jurada de morte e, por isso, não poderia permanecer ali. Luzia conta ainda que, mesmo distante, procurava saber dos filhos. Mesmo assim, Ícaro diz confiar mais na cafetina do que na própria mãe, se mostrando totalmente cego de raiva e com verdadeiro repúdio a Luzia.

Destruída, a DJ se declara para o filho, tentando se aproximar e mostrar o amor que sente por ele. No entanto, o jovem a repele e pega o celular, ameaçando chamar a polícia. Cacau, imediatamente, toma o telefone das mãos do sobrinho e manda que a irmã vá embora depressa. Luzia sai, aos prantos, enquanto Ícaro, num misto de sentimentos, grita e coloca para fora todo o ódio que sente.

Mais videoclipe

Quem também lançou videoclipe foi a cantora St. Vincent. A faixa Fast Slow Disco é um remix de Slow Disco, faixa de seu último álbum. "Eu sempre senti que essa música poderia ter diferentes roupagens, diferentes vidas. Aqui ela está usando uma calça disco, suando em uma balada de Nova York", explicou a artista.


    Leia tudo sobre: músicas

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.