Tamanho do texto

A folia paulista terminou na última sexta-feira (16), quando aconteceu o desfile das campeãs no Sambódromo do Anhembi; veja mais destaques

 A Liga SP encerrou o carnaval de 2018 de São Paulo com o desfile das campeãs, que aconteceu na última sexta-feira (16), no Sambódromo do Anhembi, superando as estatísticas já registradas e conquistando a satisfação do público presente. O Observatório de Turismo e Eventos da São Paulo Turismo (SPTuris) realizou pesquisa durante os cinco dias de evento carnavalesco com mais de 2,2 mil pessoas. 46% do público visitaram o Sambódromo pela primeira vez, e cerca de 70% dos frequentadores do evento demostraram satisfeitos com a organização e consideraram a folia na capital paulista um sucesso.

Leia também: Acadêmicos do Tatuapé comemora bi com festa e emoção no sambódromo

A Acadêmicos do Tatuapé foi a grande campeã do carnaval de São Paulo neste ano
Divulgação/Liga Carnaval SP
A Acadêmicos do Tatuapé foi a grande campeã do carnaval de São Paulo neste ano


O Anhembi ainda recebeu aproximadamente 34% de pessoas fora da capital paulista, registrando um aumento de 66%, o maior índice já registrado no carnaval paulistano. Além disso, 22% dos moradores da cidade receberam pessoas de outras cidades em suas casas devido à temporada de carnava l, um crescimento de 100% em relação ao ano anterior.

Leia também: Protestos tomam conta da Sapucaí no desfile das campeãs do carnaval do Rio

 Os turistas ultrapassaram os gastos em relação ao ano anterior, de R$957 para R$1.151, para uma permanência de três dias, um impulsionamento de 20%.  Houve ainda um acréscimo de 21% em hospedagem em hotéis, e 11% utilizaram o serviço de hospedagem por aplicativos e sites. Além disso, durante os cinco dias de evento não houve qualquer ocorrência registrada pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e equipe médica (ambulância).

"Quem ganhou com tudo isso foi o público. Para nós é um imenso prazer saber que as escolas estão aprimorando cada vez mais. Além disso, não tivemos nenhuma ocorrência, tornando o carnaval cada vez mais seguro. (A entidade) mostrou o seu profissionalismo, o nosso objetivo foi conquistado. Que venha 2019 para que possamos fazer um carnaval gigante”, disse Sérgio Ferreira, presidente da Liga SP.

Ainda não acabou!

O Soul Botequim promoverá no próximo dia 24 de fevereiro, a partir das 12h, a segunda edição da festa mais inesquecível do Brooklin: o Mardi Gras, que contará com as apresentações do bloco Unidos do Swing e da Fizz Jazz Band. Sucesso absoluto no
ano passado, a festa fez a esquina das ruas Padre Antônio e Ribeiro do Vale literalmente pulsar. E o melhor, toda essa alegria é na rua, aberta para quem quiser participar e totalmente gratuita.

Segunda edição do Madri Gras do Sol Botequim, agita as ruas do Brooklin
Divulgação
Segunda edição do Madri Gras do Sol Botequim, agita as ruas do Brooklin



" Um Corpo No Mundo"

Na sexta-feira (2), às 21h, a artista baiana Luedji Luna faz show do disco "Um Corpo No Mundo" (2017), no Teatro do Sesc Belenzinho.   O trabalho, predominantemente autoral, conta com 11 faixas, algumas inéditas e outras já conhecidas do público. Luedji canta sobre pertencimento e descobrimento de uma identidade criada a partir do contato com os imigrantes africanos e haitianos no Brasil. O álbum nasceu do encontro de africanos e brasileiros, inspirado nas diferentes Áfricas.

O disco teve produção de Sebastian Notini, músico sueco radicado na Bahia, e Sean Kuti assinou os arranjos de guitarra em sua Godin. Foi na Bahia que o queniano e a cantora se conheceram, lugar onde o violonista François Muleka, filho de imigrantes congoleses, adotou como terra mãe. O baixo elétrico e acústico fica por conta do cubano radicado em São Paulo, Aniel Somellian. Já as percussões serão executadas tanto por Rudson Daniel de Salvador, percussionista do cantor baiano Saulo, quanto pelo​ ​próprio​ ​Sebastian​ ​Notini. Pensados coletivamente, os arranjos trazem a ​identidade cultural de cada um dos músicos, no que resultou numa sonoridade sem fronteiras e de difícil definição.

Leia também: É lacre que chama? Os famosos que mandaram bem nos figurinos no carnaval 2018


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.