Tamanho do texto

A despedida de Ângela Bismarchi, o retorno de Mauricio Meirelles aos palcos e o otimismo de Sheila Mello com o aniversário são os destaques da coluna

Mais uma temporada de carnaval está chegando, mas desta vez nem todos os foliões estarão na avenida. Ângela Bismarchi é uma das musas que se despediu do carnaval e, agora, também se prepara para despedir do seu acervo de roupas e outros figurinos que fizeram história na festa brasileira. 

Ângela Bismarchi mostrando seu acervo de carnaval
Divulgação
Ângela Bismarchi mostrando seu acervo de carnaval

Leia também: Musa do carnaval pela primeira vez, Poliana Veiga almeja posto maior

Segundo Ângela Bismarchi , o acervo é composto por “alguns dos modelos que usei só para os ensaios na avenida no Rio e em São Paulo. A beleza de todo esse figurino é parte da minha história. Swarovski e outras pedras semipreciosas irradiavam a alegria do meus carnavais como rainha”, comenta. Entretanto, a despedida parece não ser tão difícil para ela. “Hoje quero servir, não quero mais ser rainha. O Senhor é o meu pastor e nada mais me falta nos dias de hoje .Vou continuar adorando a beleza e a alegria... mas de outra forma”, completa. Todas as peças de Bismarchi foram colocadas à venda pela própria dona.

Leia também: Bombeira será rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense

Confira fotos do seu acervo:


Retorno 

Mauricio Meirelles retorna a 2018 com tudo em cima. Considerado o melhor show de stand up do  Brasil em 2016 e 2017, o humorista apresenta curta temporada do seu novo show “Levando o Caos”, Teatro Renaissance, na capital paulista, nas noites de sábado, às 23h59, entre os dias 20 de janeiro e 24 fevereiro.

 “Estrear o meu novo show solo em São Paulo logo no início do ano será muito importante para ter um 2018 com muito trabalho. Em 2017 foram mais de 100 shows no Brasil e exterior, percorri mais de 70 cidades e me apresentei para mais de 50 mil pessoas no total. Fiz shows em Portugal, Holanda, Inglaterra, Irlanda e EUA. Espero seguir o mesmo caminho com o ‘Levando o Caos’ e levar muita diversão para as pessoas”, revela Meirelles.

Os ingressos custam R$ 70 (Inteira) e R$ 35 (Meia entrada) e já podem ser adquiridos no site do ingresso rápido.

Acendendo as velinhas

Sheila Mello afirma gostar de ser 'coroa'
Felipe Souto Maior/Divulgação
Sheila Mello afirma gostar de ser 'coroa'

Na próxima terça-feira (23), a dançarina Sheila Mello que fez sucesso durante a década de 1990 na banda É o Tchan!, completa 40 anos de idade e parece que está bem preparada para a nova fase. Durante participação no último sábado (20) de um aulão de dança fitness promovido pelo Dance4, em Recife, capital pernambucana, a loira disparou:  "Eu tenho muito orgulho de fazer 40 anos e não querer mudar nada na minha história. Porque nos filmes da vida vemos pessoas falando que queria ter 10 anos a menos. Tudo que eu teria a menos, eu não teria ao lado da minha filha e não teria conquistado essa história. Então eu não mexo uma virgula e me deixe com meus quarentões feliz". Ainda, a respeito dos cuidados com o corpo, Mello não perdeu tempo e soltou: “Eu que sempre fui da dança e da atividade física, eles foram os grandes responsáveis não só para questão estética, mas como o bem estar na questão psíquica. A dança sempre foi uma grande companheira então eu nunca tive problemas em cuidar do corpo. Claro que a pele fica diferente, principalmente quando as pessoas falam da questão da idade. Eu gosto de falar que sou coroa". Para ela, “As pessoas tem na cabeça que para ser coroa tem que ser derrubada, e não tem nada haver com isso. Hoje em dia existem mulheres lindas e maravilhosas nessa idade. Não estou falando de plastica, pois tenho umas coisas artificiais como o peito. Mas eu não puxei nada. Então tem mulheres aos 40 e que não querem ter 20 anos".

Leia também: Ângela Bismarchii prepara seu primeiro disco gospel: "a mensagem agora é outra"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.