Tamanho do texto

Momentos marcantes da CCXP, estreia de programa de Lázaro Ramos e shows em São Paulo são os destaques da coluna bastidores desta segunda

Foram quatro dias de muita nerdice, histeria, astros internacionais e corre-corre pelos largos, mas abarrotados – especialmente no sábado (9) e domingo (10) corredores do pavilhão da São Paulo Expo,que abrigou a quarta edição da Comic-Con brasileira.

Comic-Con Experience teve um último dia agitado no domingo (10)
Divulgação/CCXP
Comic-Con Experience teve um último dia agitado no domingo (10)

Leia também: Depois do boom de 2016, Comic-Con brasileira sofre das dores do crescimento

Foi uma Comic-Con agitada e não poderia ser diferente. A coluna acompanhou tudo de perto e entrega algumas curiosidades da maior feira pop do mundo que nos deixa com saudades até dezembro de 2018.

Duelo de boys

Dylan O’Brien e Nick Jonas, duas das personalidades convidadas para o evento deste ano com a maior base de fãs, travaram um duelo particular no auditório Cinemark, onde ambos apresentaram seus novos filmes, “Maze Runner: A Cura Mortal” e “Jumanji: Bem-Vindo à Selva”. O painel da FOX foi mais barulhento. As fãs de Dylan choraram, espernearam – uma lhe entregou aos prantos uma camisa da seleção brasileira – e ensurdeceram muitos dos presentes no auditório. Por outro lado, Nick ganhou mais presentes de fãs no evento. Uma missão dura para a assessoria da Sony. Algumas fãs choraram porque não tiveram a oportunidade de entregar o presente. “Vim aqui só pra isso”, lamentou uma.

O tempo de fala

Nenhum convidado foi tão generoso com o intérprete responsável pela tradução e legendagem no auditório Cinemark como Nick Jonas. Calma e pausadamente, Nick fez-se entender e respondeu com clareza todas as perguntas. Foi, ainda, um alento para o problemático sistema de som do auditório que só ficou tolerável no último dia do evento.

Leia também: Confira as melhores imagens da CCXP 2017

Estandes mais concorridos

Os estandes mais concorridos nos quatro dias de evento foram os da Netflix, HBO, Warner Bros. e FOX.

Um coringa na CCXP

Tiago Leifert apareceu trajado de Coringa no sábado e tirou inúmeras fotos sem ser reconhecido.


Boa, pero no mucho

O consenso geral entre os jornalistas que cobriram a CCXP 2017 é de que a edição de 2017 não foi tão boa quanto a edição do ano passado. Para além dos cancelamentos em cima da hora e do alto número de imprevistos, a feira como um todo – organização e atrações – parece ter sentido o baque do crescimento desarticulado de um ano para o outro.

Lazinho com Você bomba na web

O programa "Lazinho Com Você", de Lázaro Ramos, estreou no último domingo (10) com uma surpresa na Arena Corinthians, em São Paulo, para um paizão e conseguiu reunir Thiaguinho com a Turma do Pagode . Ele ainda se colocou no lugar de uma mulher que precisava de uma ajuda no casamento. O resultado? Um grande sucesso na internet.





Otto em Ottomatopeia no Sesc Belenzinho

Nos dias 21 e 22 e nos dias 28 e 29 de dezembro, o cantor e compositor Otto sobe ao palco da Comedoria para mostrar o repertório do último álbum, lançado em julho de 2017. Além do cantor nos vocais, a banda é formada por Junior Boca (guitarra), Bacteria (baixo e teclado), Marcos Axé (percussão), Malê (percussão) e Hugo Carranca (bateria).

O último disco é composto por 11 faixas, sendo dez autorais e inéditas. O álbum conta com uma versão da música Meu Dengo, de Roberta Miranda, que divide, especialmente, o vocal com o cantor em dueto inédito. Já Carinhosa é o resultado da primeira parceria entre Otto e Zé Renato.

Após cinco anos de seu último lançamento autoral ,Ottomatopeia  foi produzido por Pupillo (Nação Zumbi), e com participações especiais de Roberta Miranda, Céu, Manoel Cordeiro, Felipe Cordeiro, Andreas Kisser e Zé Renato. O disco teve inspirações diversas, que atravessam continentes e épocas: o rock como sonoridade e comportamento, a África e a sua cultura ancestral, o romantismo alemão, o trabalho do fotógrafo japonês Araki Nobuyoshi, a tortura política e o mundo contemporâneo são alguns dos elementos que permearam o pensamento do artista para a criação conceitual. 

Otto apresenta show Ottomatopeia no Sesc Belenzinho
Reprodução/Instagram
Otto apresenta show Ottomatopeia no Sesc Belenzinho


...E tem mais

No dia 22 de dezembro, sexta-feira, às 21h, Walter Franco sobe ao palco do Teatro do Sesc Belenzinho. Durante a apresentação, o cantor e compositor toca ao lado dos músicos Diogo Franco (voz e cítara indiana), Marcelo Guanabara (teclado e voz), Daniel Kid (baixo e voz), Raulito Duarte (guitarra e voz) e Gui Vitali (bateria e tabla).

Na ocasião, Walter Franco executa faixas clássicas do repertório de mais de quarenta anos, como Coração Tranquilo, Respire Fundo, Vela Aberta e Canalha. Além disso, o cantor apresenta canções até então inéditas.

Leia também:  Sony eleva o nível da CCXP com atrações surpresas e surra de conteúdo inédito


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.