Tamanho do texto

Festival de música que agita o Maranhão, reality da Gretchen, consumo de TV e comemoração de Emicida são destaques da coluna Bastidores

O Maranhão será palco, nas próximas semanas, de um festival de música que reúne sucessos do cenário musical atual, como BaianaSystem , a música instrumental. O Festival BR-135 começa essa semana com música instrumental em São Luís.  De 23 a 25 de novembro, o Centro Cultural Histórico de São Luís receberá artistas como: Nômade Orquestra (SP), Mama Changa (MA), Quartabê (SP), Duo Finlandia (Arg-Bra), Funk Como Le Gusta (SP) e  Lucas Estrela (PA).

Leia também: BaianaSystem defende que músicas não devem ser sazonais

Imagens do Festival BR-135 de 2016. Festival terá música instrumental e Baiana System em 2017
Marco Aurélio
Imagens do Festival BR-135 de 2016. Festival terá música instrumental e Baiana System em 2017

Já na semana seguinte, de 30 de novembro a 02 de dezembro, o festival apresentará uma programação diversificada reunindo alguns dos principais nomes da nova geração da música brasileira. Além do BaianaSystem (BA) tocam Eddie (PE), Pinduca (PA), Muntchako (DF), Criolina (MA), Orquestra Greiosa (RN), Daniel Groove (CE) e Lurdez Da Luz (SP).

Leia também: Dez shows que queremos assistir no Lollapalooza 2017

Gratuito e aberto ao público, o festival chega este ano a sua 6ª edição, aproveitando um cenário cada ano mais fértil para a música no  norte e nordeste, incentivada por outros festivais do gênero, como o Coquetel Molotov , o Ponto.CE em Fortaleza, Do Sol em Natal e o SeRasgum em Belém.

Conexão

Além dos shows, o evento será interligado ao Conecta Música - etapa de formação profissional que inclui palestras, workshops, oficinas e rodadas de negócios. A programação do eixo formação está organizada este ano em cinco temas: Circuito de Festivais, Rádios e a Música atual produzida no Brasil, Casas de espetáculo que apresentam música independente, Jornalismo Cultural e Conexão Brasil x América Latina. Entre as oficinas estão: formação em cantos com tambor, xilogravura, turbantismo, roadie e produção musical.

Memes infinitos

via GIPHY

A rainha da internet Gretchen vai ganhar um programa no Multishow! Ela vai estrelar uma atração mostrando sua rotina e a da família, incluindo seus sete filhos e a mãe, Maria José, além da sua irmã, Sula. As gravações começam em dezembro e acontecem no Rio de Janeiro, São Paulo, Nordeste e Mônaco, na França, onde ela mora atualmente. O projeto tem previsão de estreia para abril de 2018 e os 15 episódios contam com produção da Producing Partners e direção de Tatiana Issa e Guto Barra. Nesta terça (21), a Rainha dos Memes ainda invade o TVZ ao vivo e lança com exclusividade o clipe de “Falsa Fada”.

Comemoração

Emicida comemora 10 anos de carreira com show repleto de convidados em São Paulo
Divulgação
Emicida comemora 10 anos de carreira com show repleto de convidados em São Paulo

Na última segunda-feira (20) o rapper Emicida gravou, em São Paulo, o DVD  "10 Anos de Triunfo". O trabalho comemora a última década de carreira de Emicida, desde o lançamento de seu primeiro disco. As participações foram muitas: Pitty, Karol Conka, Caetano Veloso, Rael, Vanessa da Mata, Drik Barbosa, Fióti, Guimê, Coruja BC1, Rashid, Prettos, Muzzike, Amiri e Raphão Alaafin. O registro deve ser lançado no primeiro semestre de 2018.

Mais TV

O Kantar IBOPE divulgou um estudo sobre o consumo de televisão na última década. De acordo com o serviço de medição, o tempo médio que o telespectador dedicou ao consumo do meio aumentou em mais de 1 hora. Em 2007, o consumidor passava, em média, 5 horas e 11 minutos assistindo TV por dia. Em 2016, foram 6 horas e 17 minutos dedicados à telinha.

O meio vem evoluindo junto com o seu público e disponibiliza seu conteúdo nas mais diversas plataformas e dispositivos. De acordo com o Target Group Index, o vídeo sob demanda já é usado por 20% dos brasileiros, 9 vezes mais do que esse número representava em 2013. Essa nova maneira de consumir vídeo complementa o alcance da televisão linear: a pesquisa aponta que 48% dos telespectadores brasileiros têm o hábito de se programar para assistir conteúdos de TV, demonstrando que o consumo de acordo com a grade televisiva das emissoras e o consumo não linear coexistem. Os dispositivos e plataformas se complementam para tornar a experiência do telespectador a melhor possível, no momento e no lugar em que ela se encontra.

Leia também: Um Rock in Rio para chamar de seu? Anitta quer criar festival musical para 2018

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas