Gabriel Medina sofre acusação após aparecer com tranças: 'Apropriação'
Reprodução
Gabriel Medina sofre acusação após aparecer com tranças: 'Apropriação'

O surfista Gabriel Medina vem provocando uma discussão nas redes sociais desde a última semana, quando apareceu com o cabelo trançado de estilo 'nagô', de origem africana. Nas redes, ele foi acusado de 'apropriação cultural'.

No perfil do Instagram, o ex-marido de Yasmin Brunett surpreendeu ao surgir treinando com o novo visual. Entre elogios e comentários curiosos, ele também foi alvo de críticas.

"Nem todo branco, mas sempre um branco querendo se apropriar de algo que não tem direito. Ridículo. Já ouviu falar de apropriação cultural?", questionou um internauta. 

Embora as críticas, muitas pessoas defenderam o surfista, alegando que ele tem direito de utilizar o estilo de trança. "O cabelo é do cara, ele faz o que bem quiser", respondeu um.

A trancista de Gabriel Medina também se pronunciou nas redes sociais para defender o cliente e o próprio trabalho. "Trancasaotopo@gmail.com , é o meu pix galera, para os especialistas em tranças, o meu aluguel não ve a cor de quem tá pagando e nem como vai pagar, então pra vocês que tão falando merda e não tem o que fazer, vou parar de trabalhar e viver do pix de vocês".

O que seria apropriação cultural?

O termo foi definido pelo antropólogo e pesquisador brasileiro Rodney William como "um mecanismo de opressão por meio do qual um grupo dominante se apodera de uma cultura inferiorizada, esvaziando de significados suas produções, costumes, tradições e demais elementos". Vale destacar que o pesquisador usa o contexto do colonialismo e da escravidão no Brasil.

Outro caso

Em 2019, Gabriel Medina também causou alvoroço nas redes sociais ao aparecer com parte do cabelo trançado. Naquela época, o surfista também foi alvo de críticas e reflexões dos internautas. 


    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!