'Sempre mantive meu voto em segredo', declara Roberto Carlos
Daniel Nascimento
'Sempre mantive meu voto em segredo', declara Roberto Carlos

O cantor Roberto Carlos não vai declarar publicamente seu voto nas eleições de 2022. O artista de 81 anos nega que tenha sido procurado pela equipe de Jair Bolsonaro (PL) para um possível apoio à recandidatura do atual presidente do país, como vem sendo noticiado desde que a funkeira Anitta manifestou apoio a Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

— Essa história de dizer que alguém entrou em contato comigo é mentira. Ninguém entrou em contato — ressalta Roberto Carlos. — Continuo votando, como sempre votei. E sempre mantive o meu voto em segredo. Assim, isso vai permanecer.

De uns tempos pra cá, Roberto Carlos demonstra que não quer qualquer aproximação com grupos bolsonaristas. Em entrevista ao GLOBO publicada em 2021, quando perguntado sobre a omissão do atual governo diante da pandemia no Brasil, o cantor frisou que sempre defenderá a ciência:

— É ela que pode orientar o povo sobre o que deve ser feito e a importância da vacina. Defendo a ciência e tudo que alguém diz em nome dela — disse o artista.

Proibição a uso de música

Em agosto de 2021, apoiadores de Jair Bolsonaro compartilharam nas redes sociais o vídeo de uma motociata em Florianópolis, em Santa Catarina, tendo como trilha sonora a música "Verde e amarelo", de Roberto Carlos. À época, o cantor se manifestou contra a utilização da canção. "Não autorizei, não autorizo e não autorizarei", informou Roberto Carlos, naquele período.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários