Jamie Spears é o tutor legal da cantora de 39 anos desde 2008
Getty Images
Jamie Spears é o tutor legal da cantora de 39 anos desde 2008

Jamie Spears, pai da cantora Britney Spears, entrou com uma petição exigindo que a filha retorne ao tribunal para depor acerca das acusações que fez contra ele durante o processo de tutela e nas redes sociais. 

O pai da cantora questiona as alegações de que ela foi forçada a doar oito tubos de sangue para um tratamento médico, foi forçada a participar de terapia e não foi autorizada a tomar medicamentos analgésicos. Ele quer que a cantora reafirme isso sob juramento.

De acordo com novos documentos do tribunal obtidos pelo Entertainment Tonight, os advogados de Jamie questionam o fato de Britney se recusar a depor uma vez que está disposta a contar sua história em um livro de memórias. Segundo os documentos, a cantora irá receber US$ 15 milhões para escrever a publicação.

“As postagens públicas de Britney no Instagram voltadas contra Jamie e o livro que em breve será publicado contradizem diretamente a alegação do advogado de Britney de que Britney não possui evidências admissíveis e que seu testemunho não é razoavelmente relevante para levar à descoberta de novas provas”, contesta o time jurídico de Jamie.

+ Entre no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Em setembro do ano passado, um tribunal de Los Angeles pôs fim à tutela de 13 anos de Jamie Spears sobre a vida pessoal e financeira da filha. O caso chamou a atenção do público, foi tema de documentários e desencadeou na campanha #FreeBritney.

Apesar da suspensão da tutela de Jamie, o processo ainda não chegou ao fim. Antes dos advogados de Jamie exigirem o depoimento da filha, o próprio time legal da cantora questionou o fato do pai não se colocar à disposição para depor. Mathew Rosengart, advogado de Britney, disse recentemente que Jamie tem evitado os pedidos para depor há mais de cinco meses.

Uma nova audiência está marcada para o dia 13 de julho, em Los Angeles.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários