Na última semana de Julgamento, Johnny Depp declara: ‘É uma humilhação’
Vanessa Monteiro
Na última semana de Julgamento, Johnny Depp declara: ‘É uma humilhação’

Um integrante do júri que decidiu o processo entre Johnny Depp e Amber Heard deu entrevista à rede de TV americana na qual deu detalhes sobre os motivos que fizeram os jurados optarem pela versão contada pelo ator.

O programa "Good Morning America" exibiu a matéria, mas sem revelar o nome, a imagem ou a voz do jurado. Só se sabe que trata-se de um dos cinco homens presentes no júri, que contou ainda com duas mulheres. O júri condenou Amber a pagar US$ 10,35 milhões ao ex-marido, que também foi condenado a pagar uma indenização em valor menor, na casa de US$ 2 milhões.

Segundo o jurado, os integrantes do júri ficaram incomodados com o depoimento da atriz.

"O choro, as expressões faciais, o olhar para o júri... Todos nós estávamos muito desconfortáveis. Ela respondia a uma pergunta e chorava, e dois segundos depois ficava completamente gelada. Alguns de nós usavam a expressão 'lágrimas de crocodilo'", disse a fonte.

O entrevistado falou ainda que "no final do dia, o que ele (Johnny) dizia parecia mais verdadeiro. Ele soava mais real no modo como respondia aos questionamentos."

O fato de Amber Heard não ter doado os US$ 7 milhões recebidos no acordo de separação, como prometeu em algumas entrevistas e depoimentos, também pesou na visão do júri. O jurado também negou qualquer influência das mídias sociais na decisão do julgamento. "Seguimos as provas. Eu e outros jurados não usamos Twitter ou Facebook. Outros que usaram, fizeram questão de não falar sobre isso", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários