Instagram/Reprodução
"É preciso saber a hora de se retirar", diz Johnny Hooker

O cantor Johnny Hooker deu a entender no Twitter que deve finalizar sua carreira após desabafar sobre os baixos números de reprodução de sua nova música, "CUBA", no primeiro dia de lançamento. A faixa teve 13.879 reproduções na última sextaf-feira (20). Neste sábado (21), ele afirmou que desabafo é um pedido de ajuda.

"Para um artista existir e sobreviver sem apoio de nenhum lado precisa ter demanda orgânica, e os números do 1o dia de lançamento de CUBA deixam claro isso. Não há mais demanda pelo meu trabalho. Se é que houve um esboço de alguma algum dia. É preciso saber a hora de se retirar", escreveu o cantor em seu perfil no Twitter.

"Não foi uma batalha em todo perdida, consegui driblar o poder econômico várias vezes. Tenho dois discos de platina e 250 milhões de streams orgânicos pra provar isso. Fica o legado também, arte é pra sempre. Mas a gente tem que manter a dignidade também", continuou, emendando que, mesmo assim, vai lançar o seu terceiro álbum em algumas semanas.

O desabafo do artista rendeu diversas mensagens de apoio, às quais o cantor agradeceu. "O meu desabafo não foi por ingratidão com tudo que já conquistei (que foi muita coisa por sinal), as vezes é só um pedido de ajuda mesmo e um lembrete de que ainda estou aqui vivo, produzindo música f*da. lutando contra forças INIMAGINÁVEIS, tendo que provar um milhão de vezes que eu sou foda pra conseguir migalhas. Sei que a maioria entendeu. Enfim, recebam todo meu amor de volta", finalizou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários