Jesse Willians aparece nu em cena na Broadway
Reprodução
Jesse Willians aparece nu em cena na Broadway


As cenas em que Jesse Williams aparece nu no teatro, na peça "Take me out", rodou o mundo, mas são ilegais. Agora, o teatro, a Second Stage Theater, organização responsável pela produção da peça, e a Actor's Equity Association, a organização que representa atores de teatro nos EUA, tentam remover os vídeos das redes sociais.

"Nós condenamos fortemete a criação e distribuição de fotos e vídeos de nossos atores durante uma cena de nudez. Como atores, nós constantemente concordamos em ficarmos vulneráveis no palco, como forma de contar difíceis e desafiadoras histórias. Mas isso não significa que concordemos que estes momentos de vulnerabilidade sejam largamente veiculados por qualquer um que se sinta à vontade de filmar o teatro", disse Kate Shindle, presidente da Actor's Equity Association, em uma nota enviada ao "The New York Times".


No teatro, antes mesmo do vazamento, um esquema de segurança foi montado para evitar celulares na peça. Mas a segurança falhou. Jesse Williams, que ficou mundialmente conhecido pelo papel de Jackson Avery, de "Grey's Anatomy", interpreta agora uma estrela do baseball, no auge da carreira, que decide sair do armário e precisa lidar com o preconceito dentro e fora de campo.

Pela interpretação, Williams foi indicado ao Tony Awards, premiação mais importante do teatro dos Estados Unidos. Em diferentes entrevistas, o astro tem falado sobre a cena de nu frontal.

"É apenas um corpo. Uma vez que você vê, percebe que é o que quer que seja. Só tento não fazer com que isso se torne um grande negócio", disse Jesse durante o programa "Watch what happens live's after show", ao falar sobre a cena.

Apesar de hoje lidar bem com o papel, o artista garante que não foi fácil se despir em meio ao grande público.

"Eu fiquei aterrorizado. Mas aí lembrei que pedi a Deus que me sentisse assim, ao fazer algo que me desafiasse, me fizesse sentir vivo e me tirasse da zona de conforto", explicou ao jornal "Page six".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários