Filho de Chico Anysio critica viúva do pai
Reprodução
Filho de Chico Anysio critica viúva do pai


Nizo Neto, um dos filhos de Chico Anysio, usou as redes sociais nesta segunda-feira para rebater as declarações de Malga di Paula, viúva do humorista, sobre a herança do pai. Em recente entrevista, Malga afirmou que até hoje não recebeu "nenhum centavo" do dinheiro do ex-marido, que morreu em março de 2012. Ela ainda afirmou ter sido "privada de todos os seus direitos".

"Já faz algum tempo que a senhora Malgarethe de Paula vem dando entrevistas bizarras sempre se colocando como vítima em relação à herança (que por sinal não existe) e nós nunca nos manifestamos. Esse é um inventário que está rolando há10 anos e esta demora se deve muito à incompetência e omissão dela enquanto inventariante", desabafou Nizo Neto em um post no Instagram.


O ator também ficou revoltado por Malga ter citado que um dos seus irmãos de foi radical em não querer conversar com ela sobre a herança.

Leia Também

"Essa declaração que ela deu, usando o nome do meu falecido irmão Cícero com tom de ironia foi realmente um golpe baixo muito escroto. Mais uma vez ela usa a imprensa para falar de um assunto particular, só que dessa vez foi longe demais usando o nome do Cícero, que não está aqui para se defender. Uma grande falta de respeito!", criticou Nizo.

Passados quase dez anos da morte de Chico Anysio (no dia 23 de março, completa uma década de seu falecimento), Malga di Paula diz que ainda não recebeu "nenhum centavo" da herança deixada pelo humorista. Segundo a viúva, que chegou a ficar na internada na UTI por causa da Covid-19, no ano passado, sua saúde ficou compretida diante da batalha que ela trava na Justiça em todos esses anos.

“Vai fazer dez anos que o Chico morreu mês que vem e, até hoje, não recebi nenhum centavo da minha herança e meu patrimônio está bloqueado. Fui privada de todos meus direitos e isso me adoeceu mais”, disse ela no podcast ZonaV, no YouTube.

Malga di Paula falou também sobre a briga com os outros oito herdeiros na Justiça pelos bens do humorista. Ela disse que, neste momento, vem tentando fazer um acordo, já cansada da disputa.

"Alguns foram mais radicais e não quiseram sentar para conversar, um deles morreu enquanto eu estava em coma. Olha que ironia da vida. Ele tinha 39 anos e ficou brigando comigo durante quase deza nos para receber algo que nunca irá receber", referindo-se ao produtor e DJ Cícero Chaves, que morreu em julho de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários