Ariadna relata episódio de transfobia
Reprodução
Ariadna relata episódio de transfobia


Logo após Ariadna Arantes recuperar uma capa do Meia Hora com piadas transfóbicas, o jornal publicou no Twitter oficial um pedido de desculpas. A participante do 'BBB 11' e do 'No Limite' foi a primeira mulher transgênero a integrar o elenco do reality show em 2011. 

Ariadna foi eliminada na primeira semana do programa, mas recebeu ataques preconceituosos do público e da imprensa, que duraram para além da saída. 

"Pedimos perdão não apenas a Ariadna como a todas e todos agredidos por essa capa de 11 anos atrás. Não tem graça, assim como outras piadas infelizes que, no passado, eram corriqueiras, embora causassem sofrimento. Além de nos envergonhar, não reflete a nossa atual linha editorial", diz a resposta para a publicação de Ariadna. 

Leia Também


O jornal carioca publicou ofensas relacionadas às partes íntimas da ex-BBB. No Instagram, Ariadna contou como a capa afetou a vida dela. "No dia que saiu essa capa de jornal. Eu passei o dia chorando. Não quis fazer nada. Me senti um lixo. Me senti a menor pessoa desse mundo. Me questionei: O que eu fiz da minha vida? Ninguém mais vai me respeitar'", disse. 

Ela também disse que apresar dos danos psicológicos, não teve força para processar o jornal. "Pra quem não sabe, só ganhei meu primeiro dinheiro depois do BBB um mês depois que o BBB acabou. Enquanto todos os héteros da casa desfilavam e faziam altas campanhas, eu ficava em casa. Quase que passei fome", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários