André Gonçalves vai cumprir prisão domiciliar
Divulgação
André Gonçalves vai cumprir prisão domiciliar

O ator André Gonçalves vai cumprir prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina com uso de tornozeleira eletrônica em sua residência onde mora com a atual mulher no Rio de Janeiro, assim que for notificado. A decisão foi tomada em processo movido por sua ex-mulher, a jornalista e atriz Cynthia Benini, por dívidas com a pensão alimentícia da filha que tiveram.

"O André vai cumprir a (prisão) domiciliar, tendo em vista que está desempregado e não tem como arcar com a dívida nesse momento", afirmou Sylvio Guerra, advogado do ator, ao Globo.

Leia Também

A decisão, que veio à tona nesta terça-feira (23), estabelece que o ator fique em prisão domiciliar por 60 dias com uso de tornozeleira eletrônica. Como o processo tramita em Santa Catarina e o ator mora no Rio, ele ainda não foi notificado. Ele aguarda o mandado para iniciar o cumprimento da decisão.

Gonçalves, que completou 46 anos na terça-feira passada, deve cerca de R$ 350 mil em pensão alimentícia. O valor mensal estabelecido para suprir necessidades básicas da filha Valentina, de 18 anos, é de R$ 4,5 mil. A informação foi revelada pelo "Metrópoles" e confirmada pelo Globo.

O ator, que foi demitido em 2016 e ficou desempregado, estava inadimplente desde 2017. Neste período, a dívida chegou a R$ 112.044,33. Com juros e correção monetária, o valor subiu para R$ 352.579,01. Em julho deste ano, ele teve os bens penhorados por conta das dívidas com a pensão da filha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários