Rico sugere que Day transou com Nego do Borel
Reprodução/Twitter
Rico sugere que Day transou com Nego do Borel


Os nomes de Rico Melquíades, Dayane Mello e Nego do Borel foram parar nos assuntos mais comentados do Twitter, nesta terça-feira (9), após o humorista sugerir que a modelo teve relação sexual com o cantor,  expulso de "A Fazenda 13" ao ser acusado de assédio e estupro de vulnerável.

Em uma conversa com Marina Ferrari e Mileide Mihaile, nesta terça, Rico comentou que Dayane e Nego transaram no confinamento. "É porque a Day nunca abriu, mas eu tenho certeza que ele fizeram [sexo]. Porque da vez que ele levou a camisinha pra lá, ele levou com a intenção.", iniciou Rico fazendo um gesto com a mão. 

Marina tentou aconselhar o alagoano a não afirmar algo que ele não tem certeza. "Ela [Day] disse aqui outro dia que não. Está gravado. Você se queima aqui. Melhor não falar nada. Nem que sim e nem que não", alertou Marina.


Leia Também


Porém, Rico continuou a conversa. "Amiga, você sabe como ela é. Ela diz que não fez e fez. Eu não sei disso. Na primeira vez, para que ele levou camisinha? Com certeza teve alguma paquera", disse Rico e, logo após, a câmera foi cortada.

Leia Também



Na web, os fãs de Dayane Mello criticaram a postura do peão. "Qual o intuito do rico trazer esse assunto do nego do borel e day agora????", perguntou uma fã. "A Day pode ser tudo, porém o Rico taxar ela como mentirosa pelo o que aconteceu com o Nego do Borel é ridículo, sempre é culpa da mulher, isso nem deveria ser pauta partindo do ponto que ele foi expulso", analisou outra internauta.

Na tarde desta terça-feira (9), a equipe de Rico Melquíades emitiu nota oficial sobre o assunto. "Fica óbvio que Rico não culpou a peoa pela expulsão ou desacredita se aconteceu algo, até porque a produção nunca esclareceu o que de fato aconteceu. Rico apenas questiona a veracidade das palavras da peoa de modo geral", diz nota publicada.

A equipe de Dayane também divulgou nota na no início da noite. "Não. A Dayane não mentiu, pois, esse dia, que infelizmente está mrcado na memória de todos, sabemos o que ocorreu e está nas mãos da Justiça. Temos que sim, repudiar falar e julgamentos como esses, para que as mulheres não sejam vítimas da ucltura machista enraizada", diz nota da equipe de Dayane Mello.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários