Carla Diaz e Leonardo Bittencourt
Divulgação
Carla Diaz e Leonardo Bittencourt


No início do mês, Carla Diaz se estressou com Léo Bittencourt , seu parceiro de cena nos filmes sobre o caso Richthofen, após uma piada envolvendo o filme. À colunista Patrícia Kogut, o ator afirma que os dois conversaram e agora está tudo bem.


Léo postou um meme feito com o pôster do filme "A Menina que Matou os Pais", em que abaixo se dizia a frase "topa tudo por b*ceta". Léo compartilhou o pôster e achou a piada engraçada. A frase se referia ao comportamento do personagem, Daniel Cravinho, e a forma como ele é retratado no filme.

Leia Também

Carla, no entanto, não gostou da piada e se sentiu desrespeitada. "Brincadeira tem limite! Hoje me senti muito desrespeitada como mulher e profissional. Não vou me calar, chega", escreveu a atriz.

Léo, no entanto, diz que já se retratou. "Respeito muito a Carla enquanto pessoa e profissional. Esse lugar de exposição é muito novo. A partir do momento em que entendi que ela se ofendeu, apaguei e pedi desculpas. Faz parte do processo de amadurecimento ouvir e não repetir mais. A gente chegou a conversar quando tudo aconteceu", afirmou o ator.

Léo contou à colun que se assustou com as proporções tomadas pelo tweet e que está aprendendo a lidar com isso com responsabilidade.

"Depois disso, as minhas redes sociais voltaram a ter o mesmo apoio, e isso é o mais importante. Sempre priorizei minha carreira. Fico feliz porque entenderam que foi um erro pontual que não vai se repetir", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários