Léo Chaves, do duo com Victor
Instagram
Léo Chaves, do duo com Victor

Há quem diga que é possível viver muitas vidas em uma. Aos 45 anos, depois de experimentar o auge do sucesso quando formava dupla com o irmão Victor e quase "pirar", como ele mesmo diz, Leo Chaves está tentando viver uma nova. Hoje, ele concilia a carreira solo com palestras pelo Brasil falando da sua busca para ser "uma pessoa normal".

"Chegamos a um nível de sucesso raro na música sertaneja. Ficou absurdo e voltar a ser uma pessoa normal é um grande desafio. Era algo que eu precisava fazer ou eu ia pirar. Era uma loucura de fato, a gente se escondia. O próprio meio, o contexto artístico, faz com que você se isole num casulo. Quando o artista está assim não consegue nem se encarar no espelho e eu descontava na bebida. Precisava sair daquilo", disse o cantor no canal de André Piunti no YouTube.

Voltar à vida normal para Leo Chaves significava se reaproximar da família, voltar a levar e buscar o filho na escola, por exemplo. Nesse processo, ele chegou a tomar uma atitude drástica, como rasgar as roupas que usava no auge do sucesso da dupla. "Fora do palco, quero descer a escada e ser uma pessoa normal. Essa foi minha virada de chave. Rasguei minhas roupas para desconstruir aquele personagem e protestar contra aquilo. Hoje sou mais solto. Não quero mais ser essa ilusão criada. Minha vida agora é outra", afirmou o artista, que falou também da importância do contato mais direto com as pessoas nessa transformaçao: "As palestras permitiram me aproximar das pessoas, ficar mais íntima delas. Quebrar essa barreira criada pela celebridade".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários