Sikêra Jr sofre derrota na Justiça
Erick Martins
Sikêra Jr sofre derrota na Justiça

Sikêra Jr sofreu um derrota na Justiça.  Ele foi acusado de cometer homofobia durante o "Alerta Nacional" e o grupo Sleeping Giants Brasil entrou com uma ação pra desmonetizar o contratado da RedeTV! após isso. Então, o apresentador entrou com um processo pedindo uma indenização por danos morais e a remoção do movimento das redes sociais, mas a 1ª Vara Cível do Amazonas negou esses pedidos, segundo o site Notícias da TV.

Em junho deste ano, Sikêra Jr se referiu aos gays como "raça desgraçada". Ele foi fortemente criticado nas redes sociais por conta dessa fala e o Sleeping Giants Brasil inicou um campanha questionando marcas por apoiarem o apresentador, visando tirar patrocínios dele na televisão e internet. A ação deu certo, pois 150 empresas cancelaram os seus anuncios.

Em resposta a isso, o funcionário da RedeTV! entrou com a ação pedindo que os perfis do grupo fossem retirados com urgência das redes sociais e que recebe uma indenização equivalente ao prejuízo que teve com a perda de anunciantes. A juíza Sheilla Jordana de Sales não acatou esse pedido, mas ainda cabe recurso.

A magistrada analisa que Seeping Giants Brasil tem o direito de questionar se marcas querem se associar a Sikêra Jr. A juíza ainda disse que o apresentador não estava defendendo a liberdade de expressão ao entrar entrar com o processo, algo que ele diz fazer sempre.

"Alega o requerente que as manifestações dos requeridos culminaram na dispersão de diversos anunciantes de seu programa de televisão. Ocorre que ao Poder Judiciário é vedado censurar o debate de ideias e tampouco o direito de expressão e opinião crítica", diz a decisão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários