Sérgio Mamberti morreu aos 82 anos
Divulgação
Sérgio Mamberti morreu aos 82 anos

Morreu nesta sexta-feira (03), aos 82 anos, Sérgio Mamberti . O ator ficou eternizado ao interpretar o emblemático Doutor Victor na série "Castelo Rá-Tim-Bum". A informação do óbito foi confirmada pelo filho dele, Carlos Mamberti, ao site G1. O artista estava internado em um hospital da rede Prevent Senior, na capital paulista. Ele morreu em decorrência de falência múltipla de órgãos.

Nas redes sociais, anônimos e famosos estão prestando homenagens ao ator. A atriz Angela Dippe, que interpretou a repórter Penélope em "Castelo Rá-Tim-bum", demonstrou grande tristeza: "Nosso Tio Victor partiu", escreveu ela no Twitter, que usou um emojis e uma imagem do elenco reunido para complementar a postagem. Cássio Scapin, que interpretou Nino na série, também não deixou de prestar seus sentimentos. "Hoje partiu @sergiomamberti um homem, um artista que lutou pelo progresso e desenvolvimento da nação brasileira, com as armas que tinha, a cultura e a arte! Fará imensa falta a sua força! Nosso coração doido se despede com muita dor e uma grande salva de palmas! Bravos meu querido!", escreveu ele no Instagram.

Luciana Amaral, que deu vida ao menino Pedro na produção, também fez compartilhou um texto a Mamberti em seu perfil nas redes. "Perdemos hoje o nosso Dr. Victor. Que triste. Quem não gostaria de ter um avô ou tio avô como vc, Sérgio? Todos queríamos. Quanta paciência conosco nas gravações do Castelo, quanta generosidade e aprendizado para todos nós que tivemos a oportunidade de conviver com você. Seu legado, que vai muito além de Castelo Ratimbum, é brilhante e ficará para sempre cravado em nossa cultura e arte desse país. Cultura essa pela qual você tanto lutou e amou. Descanse e brinque aí nas estrelas, Dr. Victor. Tenho certeza que você será muito bem recepcionado pelo Etevaldo, pelo Mau e pelo Porteiro". Confira mais reações coletadas. 

Você viu?

Além do seriado infanto-juvenil "Castelo "Rá-Tim-Bum", o ator também participou de produções da TV Globo, como “A diarista" e "Os normais”. Mais recentemente estava presente no elenco da série "3%", da Netflix. Nos palcos, Mamberti dirigiu peças importantes, incluindo a premiada "Um Panorama Visto da Ponte". No cinema, ele estreou em 1966 com a comédia “Nudista à força”, de Victor Lima. Depois, engatou sucessos como “O Bandido da Luz Vermelha” (1968), “Toda Nudez Será Castigada” (1973), “O Homem do Pau Brasil” (1980), “A Hora da Estrela” (1985), “A Dama do Cine Shangai” (1987), entre outros longas. 

O artista nasceu em 22 de abril de 1939, na cidade de Santos, litoral de São Paulo. Ao longo de seis décadas, dedicou-se à arte e à cultura brasileira por meio de diversas atividades. Foi ator, diretor, produtor, autor, artista plástico e ocupou vários cargos políticos no Ministério da Cultura. Sergio Mamberti deixa os filhos biológicos Duda, Carlos e Fabrício Mamberti, da união com Vivien Mahr, com quem foi casado entre 1964 e 1980; e também deixa Daniele, que adotou durante o relacionamento com Ednaldo Torquato, que morreu em 2019.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários