Spencer Elden
DIVULGAÇÃO / FACEBOOK
Spencer Elden

Spencer Elden, o bebê da icônica capa do álbum "Nevermind", do Nirvana, cresceu. Hoje com 30 anos, o rapaz, no entanto, não está muito contente com sua imagem sendo difundida em escala mundial. Segundo ele, o ensaio que gerou a capa do projeto foi feito sem o seu consentimento. Na última terça-feira (24), ele entrou com um processo contra a banda, acusando-a de pornografia infantil e exploração sexual.

De acordo site Tiktakas, Spencer Elden afirma que sofreu "danos ao longo da vida" por ter seu corpo nu estampado no álbum. Ao todo, o disco vendeu 30 milhões de cópias no mundo todo, mas o único valor que chegou a Elden e sua família foram 200 dólares pela sessão de fotos. O processo movido envolve a banda, o fotógrafo e as gravadoras que comercializaram "intencionalmente a [suposta] pornografia infantil de Spencer".

Na época em que as fotos foram clicadas, Spencer tinha apenas quatro meses de vida e, segundo fontes relataram ao veículo, a banda prometeu que esconderia os órgãos genitais da criança. Hoje, mais velho, Elden classifica a história como um "dano permanente", chegando a interferir em seu progresso educacional. Até o momento da publicação desta matéria, os responsáveis pela marca Nirvana não se posicionaram sobre o assunto.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários