Tony Ramos se emociona ao falar de Tarcísio Meira, morto nesta quinta-feira (12)
Reprodução
Tony Ramos se emociona ao falar de Tarcísio Meira, morto nesta quinta-feira (12)


O ator Tarcísio Meira faleceu hoje (12), aos 85 anos , em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Tony Ramos falou à GloboNews sobre o falecimento do amigo. Visivelmente emocionado, ele lamentou a morte de Tarcísio e ressaltou sua importância para a cultura brasileira. Os dois se conhecem desde 1977, quando participaram da novela "Espelho Mágico".


"Eu estava esperando entrar no ar e acompanhando os companheiros, vocês todos, e ao mesmo tempo tentando entender o que de fato está... Como essas notícias nos colhem. É de uma forma dilacerante. Dilacerante", começou o ator. 

Em seguida, o ator reafirma a seriedade da Covid-19. "É uma perda absolutamente inesperada. Dirão muitos que me ouvem agora ou me assistem: 'Pô, rapaz. Oitenta e tantos [anos] é possível isso acontecer'. Eu sei, gente. É possível acontecer com 20, com 30, com 40, com 50 anos. A gente ganhar idade é uma bênção. Estar vivo é uma bênção. Claro que quando entra uma doença, esse vírus maldito que muitos ainda querem negar ou passar pano em cima disso, esse vírus demolidor não escolhe hora e nem quem vai atacar. Por isso protejam-se, cuidem-se", continuou Tony.

O ator ainda fez diversos elogios a Tarcísio. "[Ele era] um homem presente em cada instante da história da televisão brasileira, mas um homem que vem do teatro, que produziu cinema e teatro incansavelmente".

Tony recebia notícias sober o estado de saúde do ator por Tarcísio Filho. "Eu confesso que não falava com Tarcisinho há dois dias, mas com aquela esperança. A gente sempre tem uma esperança absoluta. Ele dizia: 'Não, o pai tá assim, o pai tá assado'. 'O pai', como ele sempre falou. Há uma esperança, ele reagiu bem, e de repente vem essa notícia", afirma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários