Letícia Colin
Reprodução/Globo
Letícia Colin


Letícia Colin fez críticas ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido) durante a pandemia da Covid-19. A atriz afirmou que os brasileiros estão sendo "torturados" pelo presidente, que, segundo ela, não passou para a sociedade a sensação de segurança em um momento tão crítico quanto o vivenciado atualmente. 


"Somos verdadeiramente torturados pelo governo federal. Precisaríamos ter uma sensação de segurança e não temos", declarou a artista em entrevista à revista 29Horas. Colin, que teve Covid-19 no ano passado, contou que segue em tratamento devido às complicações da doença.

Você viu?

Para ela, o Estado "matou muita gente" ao insistir na utilização de medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19, como a cloroquina e ivermectina, recomendados por Bolsonaro e apoiadores. 

"Ainda estou em tratamento e investigando as consequências em meu corpo. O Estado brasileiro matou muita gente pela insistência em medicamentos sem eficácia e por não ter acolhido as medidas corretas [de combate ao vírus]. Então o governo federal carrega a responsabilidade dessas mortes todas. Perdemos muito", completou. 

Em junho, Letícia Colin contou ao 'Conversa com Bial' sobre as sequelas que teve. De acordo com a atriz, ela teve consequências mentais. "Estou com várias questões neurológicas", disse.

"Agora está tudo bem, não foi nada grave, então com isso eu realmente preciso dormir algumas horas seguidas. E com isso o Michel virou a sentinela da madrugada", declarou, ao contar como foi enfrentar o isolamento social e momentos de tensão ao contrair a doença junto do ator Michel Melamed.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários