Samantha Schmütz
Reprodução/Instagram
Samantha Schmütz

Um incêndio de grandes proporções atingiu um dos prédios da Cinemateca Brasileira , que guardava parte do acervo da instituição cultural. Samantha Schmütz lamentou o ocorrido e criticou a falta de ações do governo federal para preservar a cultura brasileira. Além disso, a atriz também criticou famosos que não se pronunciaram sobre o assunto, mesmo que vivam do cinema e frequentem festivais de cinema famosos pelo mundo.

"Nossa cultura sendo queimada viva. Que tristeza, pavor, revolta e quase na desesperança", escreveu Samantha Schmütz no Twitter. Em seguida, a humorista cobrou posicionamento de atores famosos. "'Artistas' que ajudaram a eleger esse monstro e não se manifestam em relação ao incêndio criminoso da Cinemateca deveriam ser proibidos de pisar num set para o resto da vida", opina.

A atriz ainda criticou famosos que vão ao Festival de Cannes e outros festivais de cinema famosos pelo mundo, mas mesmo assim não se manifestaram sobre o incêndio. "Cadê as beldades que foram para Cannes desfilar vestidos e joias? Não vão defender o cinema? Pseudos artistas que usurpam a arte para fazerem coisas periféricas e, no fundo, não estão nem aí pro cinema nacional. Ao invés de Cannes, ano que vem deveriam ir em cana", publicou Samantha.

Algumas famosas brasileiras estiveram presentes na edição de 2021 do Festival de Cannes. Bruna Linzmeyer esteve no evento junto ao elenco e equipe do filme "Medusa" e se posicionou sobre o que aconteceu na Cinemateca. Ao contrário da atriz, Marina Ruy Barbosa não falou nada sobre o assunto, assim como a influenciadora Camila Coelho e a modelo Izabel Goulart.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários