Roberto Figueiredo durante transmissão de Repórter Esso
Acervo O Globo
Roberto Figueiredo durante transmissão de Repórter Esso

Roberto Figueiredo, o último locutor do "Repórter Esso", morreu na terça-feira (27), aos 87 anos. O jornalista tinha acabado de ter alta após passar 15 dias internado com Covid-19 no Hospital São Lucas, no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada.

O profissional foi eternizado após apresentar a última edição do "Repórter Esso", transmitida no rádio em 31 de dezembro de 1968. Além deste feito, ela era reconhecido por sua passagem por outras rádios, como Tupi e Globo. 

Após anos de carreira jornalística, em 1987, ele foi eleito deputado estadual do Rio pelo PTB. Roberto Figueiredo deixa a esposa e quatro filhos — Zé Roberto, Márcia, Diogo e Roberta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários