Rayssa e Glenda se reencontraram nas Olimpíadas
Reprodução
Rayssa e Glenda se reencontraram nas Olimpíadas


Glenda Kozlowski e  Rayssa Leal se reencontraram. Com um abraço, as duas comemoraram a medalha de prata da skatista de 13 anos. A apresentadora e a atleta se conheceram há seis anos, quando um vídeo de Rayssa viralizou nas redes sociais. 


Na época, Glenda apresentava o 'Esporte Espetacular' na Globo e recebeu a 'fadinha' no estúdio do programa, para apresentá-la a Letícia Bufoni, skatista hoje amiga de Rayssa. Atualmente na Band, Glenda foi ao Japão cobrir os Jogos Olímpicos e encontrou novamente a skatista. 

Ao UOL, Glenda falou da emoção ao reencontrar a atleta. "Depois que assinou a foto dela para o mural dos medalhistas, ela veio, me abraçou com o olho cheio de água. Falei, emocionada: 'a tia te ama, viu?' Ela também falou: 'Eu também, tia, te amo muito!'. É essa relação de carinho, admiração. É muito bonito. É a essência do esporte. Por isso amo o que faço", disse. 

Veja o encontro de Glenda e Rayssa:

Você viu?


Fadinha skatista

Glenda conta que se orgulha de ver o crescimento de Rayssa como atleta de skate. Ela disse que a presença dos pais na vida da skatista já chamava a atenção da apresentadora desde os tempos da Globo. 

"Eles faziam tudo para que ela pudesse andar de skate, como pagar as viagens para que ela pudesse estar nos torneios. Além do talento, ela tinha o fundamental que é o apoio do adulto. Ela tinha isso tudo. E muita vontade", disse. 

"O skate era o segundo par de pernas dela, digamos assim. Era uma fofura. Só falava falava de skate e da Letícia Bufoni o tempo inteiro. Ela tinha uma idolatria pela Letícia que era linda. Você via que tinha uma atleta em potencial, mas se iria virar atleta era outra coisa?", disse. 

A apresentadora da Band conta que sente um amor de mãe por Rayssa. "Toda vez que a encontro é essa explosão? Ela vem, 'tia, tia', e pula no meu colo. Como ela está maiorzinha, não dá mais para pular no meu colo. Então a gente se abraça. Mas ela sempre senta no meu colo de algum jeito. É um carinho mútuo. Um respeito grande", conta. 

"Existe esse relacionamento, assim como com a Dani e Diego Hypólito, que conheço desde pequenos. É como se fossem vários filhos no esporte. Ano que vem faço 30 anos de profissão. Imagina quantos filhos e filhas eu tenho? A Rayssa é uma dessas filhas, que eu adoro", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários